Depois de noticiar que há dois casos de Covid-19 que estiveram na Feira Anual da Trofa, ao NT chegou o relato de um empresário que esteve no certame a confirmar que conhece mais quatro pessoas, que testaram positivo para o coronavírus, e que também passaram por lá.

Três pessoas de Matosinhos estiveram no certame no primeiro dia, 6 de março, e no dia 15, depois de suspeitarem estarem infetados, confirmaram a doença num teste feito no Hospital de S. João, no Porto.

Outra pessoa, funcionária de uma empresa de Vila do Conde, esteve de serviço durante os três dias da Feira Anual. Durante a semana seguinte apresentou sintomas e testou positivo para a Covid-19.

Recorde-se que um homem de 56 anos, natural de Outiz, Vila Nova de Famalicão, também testou positivo para a Covid-19, na segunda-feira, 16 de março, uma semana depois de ter estado na Feira Anual.

O doente deu entrada no serviço de urgência da unidade de Vila Nova de Famalicão do CHMA, no dia 16, ao início da tarde, com suspeitas de estar infetado pelo novo coronavírus. Depois de confirmada a doença, acabou por ser transferido para o Hospital de Braga, onde deu entrada na unidade de cuidados intensivos, devido ao agravamento significativo do seu estado de saúde.

Durante o diagnóstico epidemiológico, terá referido que esteve na Feira Anual da Trofa, uma feira agrícola que decorreu entre 6 e 8 de março, em Bougado, concelho da Trofa, evento no qual também terá participado outro homem, também infetado por coronavírus. Este, residente em Brufe, foi o primeiro caso a ser identificado no concelho de Vila Nova de Famalicão, a 12 de março.