O Coliseu do Porto recebeu esta sexta-feira, 20 de janeiro, o regresso a Portugal dos suecos Sabaton, para apresentar o seu novo álbum, The Last Stand.

Atualmente uma das maiores bandas de heavy metal e conhecidos por ter letras com relação a guerras históricas, Sabaton surgiram em 1999, mesmo em cima da viragem para o novo milénio e, no espaço de uma década tornaram-se num grande sucesso dentro do género. The Last Stand, editado em agosto de 2016, é uma colecção de hinos épicos de heavy power metal, apoiados nos riffs de guitarra ultrapoderosos, na percussão contundente, em refrões antémicos e solos mirabolantes.

O concerto contou com o suporte dos icónicos alemães, Accept, banda fundada em 1968 e detentora de hinos do heavy metal como “Balls to the Wall”, “Metal Heart” ou “Fast As a Shark”, sendo o seu registo mais recente Blind Rage editado 2014.

A primeira parte do espetáculo esteve a cargo, dos também suecos, Twilight Force, banda de power metal formada em 2011, cujos principais temas líricos são baseados em histórias de fantasia.

A união muito salutar entre duas gerações distintas de Heavy Metal tradicional puro e duro, dos Sabaton e Accept, trouxeram ao Coliseu um espectáculo memorável, que veio demonstrar que este género musical continua a dar frutos e ainda se mantem vivo, embora atualmente, muito mais como um estilo de vida.