casa_de_aprender.jpg

 

 

 

 

 

Uma parceria entre a Escola EB2/3 de S. Romão e o TCA possibilitou a criação e adaptação de um novo espaço, que servirá de suporte a acções de formação, abertas à comunidade em geral.

Casa de Aprender é o nome da nova valência, inaugurada na quarta-feira da semana passada, na Escola EB2/3 de S.Romão do Coronado, numa iniciativa conjunta entre TCA – Trofa Comunidade de Aprendentes e a Escola.

Segundo Joaquim Azevedo, presidente do TCA, “esta é uma casa de aprender que a escola disponibiliza para os seus alunos e para a população em geral, para promover iniciativas de aprendizagem que estão articuladas com o projecto do Trofa Comunidade de Aprendentes, mas que são iniciativas que visam aproximar a escola da comunidade e vice-versa, numa dinâmica que permita a todas as pessoas que desejam ter acesso à biblioteca, informática e ao que está articulado com isso que é a formação e a aprendizagem ao longo da vida.”

A ideia de “abrir as portas da Escola” partiu da comunidade escolar, mais concretamente do conselho Executivo, recolheu o apoio do TCA e da Direcção Regional de Educação do Norte.

Por seu lado o presidente do Conselho Executivo da Escola, José Magalhães, frisou que “esta Casa de Aprender simboliza o que queremos desta escola. Forte como o aço, transparente como o vidro e com o conteúdo a exigir sempre mais e melhor, sempre próximo da comunidade”.

Marcou ainda presença nesta cerimónia uma representante da Direcção Regional de Educação do Norte, que se mostrou satisfeita com esta união de esforços entre instituições, salientando ainda o papel dos formadores e formandos do curso de arranjos florais que, estavam presentes na cerimonia, e que dai a pouco receberiam os seus certificados.

Numa alusão à situação que está a ser vivida pelos professores, lamentou que “haja tão má imagem dos professores portugueses”, acrescentando que “é preciso fazer algo para alterar esta tendência”, frisou.

Por seu lado o vereador da Educação da autarquia trofense, António Pontes, enalteceu o trabalho desenvolvido quer pelo TCA quer pela Escola EB, frisando que “esta valência criada nesta parceria é mais uma forma de abertura da escola e do ensino à sociedade”, valorizando todo o trabalho “que tem vindo a ser desenvolvido pelo TCA, quer através de acções de formação, dos vários fóruns já organizados e que mobilizam centenas de pessoas”.

A terminar a cerimonia foram entregues os certificados às formandas que frequentaram um curso de Arranjos Florais, organizado pelo TCA e que decorreu na Escola de S. Romão, ficando a promessa de começar “dentro em breve uma outra formação nesta área já que”, segundo Joaquim Azevedo “há muitas pessoas interessadas em frequentar este curso e muitos outros que o TCA tem vindo a desenvolver, tendo em conta as necessidades da população trofense”.