Aníbal Costa foi homenageado pelo Rotary Club da Trofa. O engenheiro civil e figura incontornável na comunidade trofense, pelo papel cívico que desempenhou em várias instituições e como membro da comissão promotora do concelho, mereceu a distinção pelo “profissional de reconhecido mérito nacional e internacional” em que se tornou e pela “dedicação à Trofa”, explicou António Charro, elemento rotário, durante a sessão de homenagem que aconteceu, em formato online, no Facebook, na noite de segunda-feira, 25 de janeiro.

“Ao longo da sua carreira de 44 anos de atividade profissional, desenvolveu com excelência, máxima qualidade e elevada ética profissional sua arte de ensinar e de conceder, com engenho, a centenas de projetos que subscreveu”, descreveu.

Quanto à ação de Aníbal Costa no cenário público, o Rotary destaca a “referência” que se tornou, por ter “envolvimento direto e ativo” em “tudo o que potenciou o crescimento e a identidade da Trofa”, como “a Rádio Trofa, o Jornal da Trofa, o Rancho das Lavradeiras da Trofa, a Misericórdia da Trofa ou até mesmo o Rotary, sem esquecer o processo de elevação a cidade e, posteriormente, a concelho”. “Aníbal Costa sempre se dedicou de forma abnegada à sua terra merece o reconhecimento da comunidade que sempre serviu”, frisou António Charro.

Na reação à homenagem, que se fez muito apoiada em testemunhos de amigos e familiares, Aníbal Costa disse “ser um privilégio” recebê-la, sublinhando o percurso “sinuoso” que teve de trilhar, vindo de uma “família humilde”, para conseguir aquilo que sempre ambicionou: “Ser independente”.

Aos amigos e pessoas que encontrou pelo caminho académico, Aníbal Costa deixou uma palavra de “agradecimento”, sublinhando que são a eles que deve a formação e conhecimento, que tenta agora transmitir a alunos e descendentes.