quant
Fique ligado

jonati

Ultimas Notícias

Risco de incêndio coloca o país em alerta amarelo. Saiba quais as proibições

Publicado

em

incendio-alvarelhos

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) colocou em Estado de Alerta Especial nível Amarelo, para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), nove distritos do continente, devido ao risco elevado de incêndio.

O nível Amarelo para o DECIR aplica-se aos distritos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Faro, Guarda, Portalegre, Santarém, Vila Real e Viseu e vigora de terça-feira a sábado próximos, informou hoje a ANEPC.

Num aviso à população devido ao aumento do perigo de incêndio rural, a ANEPC cita o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para dizer que os próximos dias serão de tempo quente e seco, com temperaturas acima da média para a época.

A situação caracteriza-se nomeadamente por humidade relativa do ar inferior a 20% no interior, vale do Tejo e sotavento algarvio, vento de oeste a partir de terça-feira, sendo mais intenso a partir da tarde no litoral oeste e terras altas, e temperaturas máximas entre 25 e 35ºC, pontualmente mais elevadas a sul do sistema montanhoso Montejunto-Estrela.

Por tal há “índices de incêndio elevados e muito elevados, em especial no interior Norte, Centro e na região Sul (Baixo Alentejo e Algarve), a agravar progressivamente nos próximos dias”, diz a ANEPC no comunicado.

No documento a ANEPC recorda que é proibido fazer queimadas extensivas sem autorização, e que nos dias de risco de incêndio Muito Elevado e Máximo também é proibido fazer queima de amontoados sem autorização ou sem comunicação prévia.

Nos dias de risco de incêndio Muito Elevado e Máximo também é proibido utilizar fogareiros e grelhadores em espaço rural, fumigar ou desinfestar em apiários (com exceções relativamente ao tipo de fumigadores), ou lançar balões de mecha acesa e foguetes.

Publicidade

A ANEPC lembra ainda que em dias de risco de incêndio Máximo é proibido usar-se motorroçadoras (com exceções relativamente ao tipo de motorroçadoras), corta-matos e destroçadores, sendo de evitar também grades de discos.

A ANEPC tem cinco Estados de Alerta (para colocar de prevenção agentes de proteção civil), o Verde, de situação de normalidade, e quatro especiais: o Azul, de um grau de risco moderado, o Amarelo, de gravidade moderada, o Laranja, de grau de risco elevado, e o Vermelho, de grau de risco extremo.

Continuar a ler...

Edição 782

Marcada nova greve dos motoristas da Transdev e Ave Mobilidade

Está convocada uma nova greve de 24 horas para este mês.

Publicado

em

A 13 de janeiro, a greve dos motoristas provocou transtornos na circulação de transportes públicos rodoviários na rede explorada pela Transdev e pela Ave Mobilidade. A paralisação de 24 horas afetou o normal fluxo dos autocarros das empresas, que têm atividade no concelho da Trofa e territórios limítrofes, como Santo Tirso e Vila Nova de Famalicão.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos do Norte (STRUN) a greve rondou os 75%, tendo tido mais impacto no Norte. José Manuel Silva, do STRUN, revelou que as contas do Sindicato apontam para “100%” de paralisação nalguns concelhos e os concelhos onde mais se notou foram “Fafe, Guimarães, Cabeceiras de Basto, Mondim de Basto, Celorico de Basto, Santo Tirso, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Porto”.

Está convocada uma nova greve de 24 horas para 6 de fevereiro e enquanto o dia não chega o STRUN mostrou-se disponível para reunir com a Transdev a fim de negociar as reivindicações dos trabalhadores.

O que reivindicam os trabalhadores?

Em comunicado, o STRUN acusou a empresa de “arrogância” e “falta de cedência da administração”, às pretensões dos motoristas, entre as quais “aumentos salariais a partir de janeiro de 2023 na mesma percentagem do salário mínimo nacional, ou da inflação, aquela que for mais favorável aos trabalhadores, como vão receber os trabalhadores das empresas filiadas na ANTROP [Associação Nacional de Transportes de Passageiros]”, o “horário de almoço entre as 11h00 e as 14h30, mínimo uma hora, máximo três horas” e um “horário de jantar entre as 19:30 e as 22:00” e o pagamento do pequeno-almoço para “quem inicia serviço antes das 06h00”.

Além disso, reivindicam que o local de trabalho deve ser “aquele para onde o trabalhador foi contratado e não pode rodar para outro mesmo que diste a mesma distância casa-trabalho”, e os trabalhadores, “sempre que na hora de almoço ou jantar estejam deslocados do seu local de trabalho”, devem ter “direito ao almoço ou jantar em deslocado”. Pretendem também “acumulação do subsídio de alimentação com almoço ou jantar em deslocado ou penalizado” e não aceitam receber o “subsídio de complemento de condutor”, pretendendo manter o “subsídio de agente único com a sua redação anterior”.

Ainda segundo o STRUN, os trabalhadores “não aceitam qualquer intervalo com duração inferior a uma hora” e “exigem que as escalas de serviço sejam fixadas em papel nos locais de trabalho”.

Continuar a ler...

Desporto

Futebol Formação: Resultados do fim de semana

Publicado

em

Os resultados e classificações das equipas de formação de futebol do CD Trofense e AC Bougadense.

CD Trofense
Juniores A
2.ª Divisão Nacional SA

18.ª jornada
Trofense 1-3 Merelinense
(8.º lugar, 21 pontos)

Juniores B
2.ª Divisão S3 AF Porto

14.ª jornada
Trofense 6-2 Águas Santas
(1.º lugar, 31 pontos)

Juvenis A
1.ª Divisão S1 AF Porto

16.ª jornada
Trofense 5-0 Felgueiras
(8.º lugar, 24 pontos)

Juvenis B
2.ª Divisão S5 AF Porto

13.ª jornada
Trofense 4-1 Leça Balio
(2.º lugar, 30 pontos)

Iniciados A
1.ª Divisão S1 AF Porto

16.ª jornada
Freamunde 0-2 Trofense
(9.º lugar, 22 pontos)

Iniciados B
2.ª Divisão S6 AF Porto

14.ª jornada
Trofense 0-13 Folgosa da Maia
(13.º lugar, 10 pontos)

Publicidade
AC BOUGADENSE

Sub-23
Camp. Esperanças – 2.ª Fase

Divisão de Elite
3.ª jornada
Bougadense 1-0 Leça Balio
(2.º lugar, 5 pontos)

Juniores
2.ª Divisão S3 AF Porto

15.ª jornada
Bougadense 2-0 Lavrense
(7.º lugar, 19 pontos)

Juvenis A
2.ª Divisão S5 AF Porto

13.ª jornada
Aliados Lordelo 2-2 Bougadense
(4.º lugar, 24 pontos)

Juvenis B
2.ª Divisão S6 AF Porto

11.ª jornada
Aliados Lordelo B 5-0 Bougadense B
(10.º lugar, 8 pontos)

Iniciados
2.ª Divisão S6 AF Porto

14.ª jornada
Tirsense 3-0 Bougadense
(5.º lugar, 28 pontos)

Infantis Fut.11
2.ª Divisão S3 AF Porto

14.ª jornada
Bougadense 1-2 Varzim
(13.º lugar, 6 pontos)

Infantis Fut.7
Divisão de Honra AF Porto

2.ª jornada
Melres 11-1 Bougadense
(12.º lugar, 0 pontos)

Publicidade
Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Pode ler também...

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);