quant
Fique ligado

Trofa

Reforço do policiamento para uma férias tranquilas

Publicado

em

Considerando que este fim de semana coincide com o período de início de férias para grande parte dos Portugueses e com a entrada de milhares de turistas e de emigrantes em Portugal, a Guarda Nacional Republicana (GNR) irá intensificar as ações de patrulhamento e apoio, em todo o Território Nacional, com particular ênfase nas praia, festas, romarias e eventos de grande dimensão, bem como nos principais eixos rodoviários, nomeadamente nas fronteiras terrestres, onde se espera a chegada de inúmeros portugueses que regressam ao país.

Com objetivo de garantir a segurança durante os deslocamentos, de e para os locais de veraneio e eventos de diversa natureza, próprios desta altura do ano, em que se regista um aumento substancial de tráfego, a GNR irá privilegiar uma atuação preventiva, orientando o esforço para as vias mais críticas da sua zona de ação, com o objetivo de combater a sinistralidade rodoviária, garantir a fluidez do tráfego e apoiar todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança. Para o efeito, a GNR contará com o apoio da Guardia Civil do Reino de Espanha, para, em conjunto, realizar ações de sensibilização e fiscalização, na proximidade das fronteiras terrestres.

Considerando que outra das preocupações da GNR é a prevenção da criminalidade contra o património, relembramos que está ativo o Programa Chave Direta, cujo objetivo é garantir a segurança das residências habituais dos cidadãos que se encontram de férias, através da realização de ações de patrulhamento junto das mesmas durante a ausência dos seus proprietários. A adesão ao programa deve ser solicitada pelo menos 48 horas antes da ausência dos proprietários da residência, através do registo disponível online em Verão Seguro, ou no posto da GNR da respetiva área de residência.

Atualmente, a GNR tem ainda implementado o Programa Turismo Seguro, com o objetivo de promover o apoio, a segurança e o combate ao crime contra o turista, nacional ou estrangeiro, contribuindo assim para uma estadia pacífica para quem visita Portugal, para além do reforço de patrulhamento especializado com vista ao atendimento, acolhimento e encaminhamento destes cidadãos em específico. Neste âmbito, os militares desenvolvem ações de informação e sensibilização a este público em específico, com a intenção de prevenir os potenciais riscos e perigos durante a sua estadia.

Para promover e facilitar o policiamento de proximidade com os turistas e numa conjuntura de cooperação internacional, iremos contar também com a presença permanente de militares daGuardia Civil do Reino de Espanha, da Gendamarie Nationale francesa e dos Carabinieri de Itália para a realização de patrulhamento misto, nas zonas balneares mais turísticas do Algarve, Porto, Lisboa e Setúbal. A GNR irá também reforçar o patrulhamento em localidades espanholas, francesas e italianas mais frequentadas pelos portugueses, designadamente em Santiago de Compostela, Ourense, Lugo, Ayamonte, Isla Cristina, Lepe, Goian, Burgos, Alcanizes e Valladolid (Espanha), Landes e Biarritz (França), Florença, Roma e Veneza (Itália).

Finalmente, prevendo-se neste fim de semana temperaturas elevadas e o aumento do risco de incêndio, será também reforçado o patrulhamento terrestre em todo o território continental, no intuito de prevenir incêndios florestais. Para este efeito, a GNR, através das suas valências de Proteção da Natureza e Ambiente, territorial, investigação criminal, bem como do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), intensificará a vigilância das zonas de maior risco de incêndios.

A GNR deixa ainda alguns conselhos e medidas de segurança para que as pessoas tenham umas férias tranquilas e em segurança:

Publicidade

Durante a condução:

·         Efetue um planeamento cuidado das viagens, evitando os períodos em que se prevê maior intensidade de tráfego;

·         Descanse convenientemente antes de efetuar a viagem e, pelo menos de 2 em 2 horas, ou sempre que sintam necessidade, efetuem paragens para descansar;

·         Adeque a velocidade às condições climatéricas, ao estado da via e ao volume de tráfego;

·         Mantenha a calma em situações de elevada intensidade de tráfego, que possam obrigar à circulação a baixa velocidade;

·         Evite manobras que possam resultar em embaraço para o trânsito ou contribuir para a ocorrência de acidentes;

·         Adote uma condução atenta e defensiva, contribuindo para a redução dos índices de sinistralidade rodoviária.

Publicidade

Na residência:

·         Instale um alarme contra intrusão e informe as forças de segurança com jurisdição na sua área de residência;

·         Dê uma aparência de atividade à sua residência;

·         Peça a alguém que abra regularmente as persianas e cortinas, durante o dia, e que ligue a iluminação interior algumas noites;

·         Não divulgue a estranhos que vai de férias;

·         Verifique que fechou bem as portas e janelas;

·         Não deixe acumular a correspondência na sua caixa de correio: peça a alguém da sua confiança para a recolher;

Publicidade

·         Se possível, saia de casa para gozar as suas férias, as horas com menos movimento;

·         Informe o seu vizinho de confiança: ele é a sua segurança mais próxima. A solidariedade entre vizinhos inibe a ação dos marginais;

·         Guarde em lugar seguro joias, dinheiro, valores e objetos de arte.

Em passeio a pé:

·         Não ostente joias, relógios ou outros objetos de valor elevado;

·         Nunca junte os códigos e os cartões de crédito;

·         Não tenha todo o dinheiro, telemóvel e cartões num só sítio. Separe os locais onde os guarda;

Publicidade

·         Use roupa que tenha bolsos interiores com fecho, de forma a dificultar o furto por carteiristas;

·         Use as mochilas no peito;

·         Evite andar sozinho em zonas desertas e em horas de menor afluência de pessoas.

Na residência de férias:

·         Caso a habitação tenha cofre, guarde aí os objetos mais valiosos ou suscetíveis de furto;

·         Ao sair da habitação, verifique se janelas e portas ficam bem fechadas/trancadas;

·         Durante a noite, não durma de janelas abertas;

Publicidade

·         Nunca deixe objetos de grande valor à vista, sendo que este cuidado ainda é mais importante quando o quarto/habitação está acessível da rua ou está situada no rés-do-chão;

·         Caso a residência seja alvo de furto, informe as autoridades assim que possível.

Em passeio/visita de locais turísticos de automóvel:

·         Nunca deixe objetos à vista no interior do automóvel;

·         Ao abandonar o veículo, certifique-se que este ficou trancado e com os vidros fechados;

·         Após estacionar, não tire objetos do habitáculo para a mala do veiculo (deverá fazê-lo antecipadamente);

·         Caso seja vítima de furto, informe imediatamente as autoridades.

Publicidade

Na praia:

·         Leve o mínimo indispensável para a praia;

·         Não ostente objetos de valor;

·         Evite deixar os objetos pessoais visíveis quando for à água;

·         Se possível, solicite a um conhecido que vigie os seus pertences.

Nos espaços florestais e agrícolas, durante este período, é proibido nos espaços florestais e agrícolas:

·         Fumar, fazer lume ou fogueiras;

Publicidade

·         Fazer queimas ou queimadas;

·         Lançar foguetes e balões de mecha acesa;

·         Fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;

·         A circulação de tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.

·         Realizar de fogo para a sua confeção de alimentos.

A GNR alerta ainda que em caso de incêndio deve ligar de imediato para o 112, transmitindo de forma sucinta e precisa a localização, a dimensão estimada e a forma de acesso mais rápida ao local. Se notar a presença de pessoas com comportamentos de risco, contacte de imediato as autoridades.

Publicidade
Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Trofa

Fernando Duarte expõe “Efeitos Geométricos” em S. Mamede

É inaugurada amanhã, 2 de julho, às 15h00, a exposição do artista Fernando Duarte, “Efeitos Geométricos”. A mostra está patente até 31 de julho, no salão paroquial de S. Mamede do Coronado.

Publicado

em

Por

É inaugurada amanhã, 2 de julho, às 15h00, a exposição do artista Fernando Duarte, “Efeitos Geométricos”. A mostra está patente até 31 de julho, no salão paroquial de S. Mamede do Coronado.

Os trabalhos de pintura e desenho relevam o papel das formas geométricas na caracterização de espaços e seres.

Autodidata e com experiência na pintura de arte sacra, Fernando Duarte começou a trabalhar na oficina de Boaventura Matos, quando tinha 30 anos.

A exposição estará aberta ao público à sexta-feira, das 20h30 às 22h00 e ao sábado e domingo, das 09h30 às 13h00 e das 15h00 às 20h00.

Continuar a ler...

Trofa

Trofa e Santo Tirso juntam-se à Indaqua na promoção do consumo da água da torneira

O “Plano de Promoção” implica a identificação dos “munícipes não ligados à rede pública e os respetivos motivos” e, a partir daí, “prestar toda a informação necessária e incentivá-los à adesão ao sistema público de abastecimento de água, apresentando-lhes as vantagens em saúde pública, quando comparada com água de furos e poços particulares, e ambientais e económicas, quando comparada com a água engarrafada”.

Publicado

em

Por

A Indaqua e os municípios da Trofa e Santo Tirso assinaram um protocolo para o desenvolvimento de um programa conjunto de promoção à adesão ao sistema público de abastecimento de água. O objetivo é “combater a utilização para consumo humano de água de origens não controladas, como furos e poços particulares, reduzindo os riscos para a saúde pública e o impacto no meio ambiente que lhes está associado”.

“Este é mais um importante passo firmado pela Indaqua, uma das maiores operadoras no universo das concessões municipais de água, na sua estratégia de incentivo ao consumo de água de origem segura e controlada. Desta vez, as atenções centram-se nos municípios da Trofa e Santo Tirso, onde se estima que cerca de cinco mil famílias ainda não utilizam água proveniente da rede pública – a única que, comprovada e continuamente, reúne condições e características adequadas ao consumo humano”, referiu a empresa.

“Estes números são alarmantes e merecem a nossa melhor atenção. Queremos consciencializar os utilizadores para a importância de consumirem água de origem segura e controlada. O contrário representa graves riscos para a saúde pública pelo que sentimos que é da nossa responsabilidade, lado a lado com os municípios, garantir que tudo é feito ao nível local para proteger as populações”.Anabela Alves, Diretora Geral da INDAQUA Santo Tirso/Trofa

O “Plano de Promoção” implica a identificação dos “munícipes não ligados à rede pública e os respetivos motivos” e, a partir daí, “prestar toda a informação necessária e incentivá-los à adesão ao sistema público de abastecimento de água, apresentando-lhes as vantagens em saúde pública, quando comparada com água de furos e poços particulares, e ambientais e económicas, quando comparada com a água engarrafada”.

Para o presidente da Câmara Municipal da Trofa, Sérgio Humberto :

“promover a saúde pública dos habitantes do Concelho é uma prioridade, e por isso, este será um trabalho conjunto, já que a par da atuação dos Municípios e da INDAQUA, as Juntas de Freguesia vão ter um papel fundamental de proximidade, atuando junto da população, através de campanhas de sensibilização”. 

Já Alberto Costa, presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso acredita que:

“a assinatura do Plano de Promoção vai contribuir para o reforço desta mensagem junto dos cidadãos e potenciar a confiança nos serviços de abastecimento de água.”

Na sequência deste plano, a Indaqua Santo Tirso/Trofa vai também proceder à “análise da qualidade da água utilizada em poços e furos particulares, informando os respetivos utilizadores dos resultados dessas análises e dos riscos que correm ao utilizarem essa água para consumo humano”.

Publicidade
Continuar a ler...
EuroRegião Talks

Inscrições EuroRegião Talks

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também