O Rancho Etnográfico de Santiago de Bougado promoveu, no sábado, dia 21 de julho, o sétimo Festival Etno-Folclórico, que contou com “bastante assistência”.

O adro da Capela de Nossa Senhora da Livração, em Lantemil, Santiago de Bougado, transformou-se num pólo cultural, por onde passaram grupos folclóricos das regiões entre Douro e Minho e Alto Minho, que apresentaram os seus usos e costumes.

Este é já o sétimo Festival Etno-Folclórico, promovido pelo Rancho Etnográfico de Santiago de Bougado, com o apoio da Inatel. Depois do jantar e da troca de lembranças, o espetáculo começou “à hora marcada”, pelas 21.30 horas, com as atuações do grupo da casa, do Rancho Folclórico de S. Pedro de Rates (Póvoa de Varzim), Grupo Folclórico da Casa do Povo de Santa Cruz do Bispo (Matosinhos), Grupo Regional Folclórico e Agrícola de Pevidém (Guimarães) e do Rancho Folclórico e Etnográfico de Ponte da Barca.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF

{fcomment}