José Manuel Fernandes substitui Francisco van Zeller na liderança da comissão que está a fiscalizar a reprivatização do Estaleiros de Viana do Castelo.

O presidente do grupo Frezite, José Manuel Fernandes, foi o escolhido pelos ministérios da Defesa e das Finanças para substituir Francisco van Zeller na liderança da comissão que fiscaliza a reprivatização dos Estaleiros de Viana do Castelo. A notícia foi divulgada pela Lusa, na quinta-feira, 25 de outubro, citando fonte governamental ligada ao processo.

A substituição surge no âmbito da demissão de van Zeller, apresentada há duas semanas, cinco dias depois de entrar em funções. Na mesma altura, Francisco van Zeller afirmou à Antena 1 que o “passivo gigante” é um dos problemas dos Estaleiros, mas evidenciou também a mão de obra “muito antiga, muito desatualizada e muito habituada a maus hábitos” e “um sindicato comunista muito violento”, que está “enquistado” na empresa.

Aquando do anúncio da eleição de José Manuel Fernandes, a mesma fonte governamental adiantou ainda que o prazo de entrega de propostas de compra da empresa foi alargado até 5 de novembro. José Manuel Fernandes é presidente do grupo Frezite, sediado na Trofa, mas representado em mais oito países europeus e no Brasil. Entre 1998 e 2004 foi vicepresidente da Confederação da Indústria Portuguesa (CIP).

Contactado pelo NT, José Manuel Fernandes afirmou que encara esta nomeação como um “modesto contributo” e uma “missão de teor patriótico” num “período Ana Tato assumiu novas funções José Manuel Fernandes nomeado difícil para o País” . “A nossa missão é contribuir para o sucesso da operação, que vai passar pela adoção das melhores práticas, seguindo os padrões da transparência e isenção, tendo em vista a defesa dos interesses do Estado”.

{fcomment}