Nas imediações da Escola Secundária da Trofa não se falava de outra coisa. O aparato policial não passou despercebido a estudantes e professores e o assunto rapidamente se espalhou. Ao fim da manhã desta quarta-feira, os pais de uma menor de 12 anos alertaram a Guarda Nacional Republicana para a alegada violação de que a filha terá sido vítima na tarde do dia anterior, cometida por um indivíduo de 18 anos.

Leia mais na edição papel nº 658 do jornal O Notícias da Trofa