“A frescura e os preços baixos” já chegaram a S. Romão do Coronado. O relógio marcava 8 horas desta quinta-feira, 23 de abril, e várias dezenas de pessoas esperavam à porta do Pingo Doce, aguardando ansiosamente pela abertura do primeiro hipermercado na freguesia do Coronado.

No Pingo Doce S. Romão do Coronado pode encontrar “todos os dias a melhor seleção de frescos, acompanhada de uma variedade e sabor no que toca à fruta e aos legumes”, o peixe “acabadinho de pescar” terá lugar na peixaria, assim como a “carne tenra e suculenta” no talho e o pão “cozido em forno de pedra”. O supermercado dispõe ainda da secção de charcutaria, take away, cafetaria, quiosque, frutaria, parafarmácia, “uma garrafeira espetacular” e flores. “Tem tudo o que é preciso para um supermercado funcionar bem e o Pingo Doce é o topo. É onde o cliente está bem servido, tanto nos preços como no atendimento ao cliente”, denotou Anabela Moreira, gerente de loja.

Rosa Oliveira foi uma das clientes da manhã e afirmou que “já há muito tempo que devia ter aberto uma superfície destas na zona”, porque era algo que “precisavam”. “Muita gente deslocava-se à Trofa, Vermoim, na Maia, para ir a outros Pingo Doce retirados daqui e agora não precisamos de sair daqui, especialmente eu, porque moro a dois passos”, denotou, acrescentando que o espaço estava “ótimo”.

Opinião corroborada por André Carinhas, que já fazia compras no Pingo Doce da Trofa. Também para Carla Ferreira, este novo espaço veio facilitar em “muito”, uma vez que na freguesia “não tinham nenhum espaço destes aberto”.

A gerente Anabela Moreira contou que “há bastante tempo” que tinha em mente entrar neste negócio e abrir um Pingo Doce em S. Romão do Coronado, porque “pelas redondezas não havia nenhum perto e sentia-se que as pessoas tinham falta” deste espaço. “Achámos que era um projeto aliciante. Eu não conhecia nada nesta área, apareceu esta oportunidade e quis aproveitá-la”, completou.

A razão para a escolha da marca Pingo Doce é simples, para a gerente: “é uma marca muito boa no mercado e à qual os clientes aderem muito, pelos produtos e preços muito bons”. 

“Acho que é uma loja que está aliciante e confortável para os clientes virem cá e vai tudo correr muito bem”, afirmou, referindo que os clientes têm dado bons elogios ao espaço, mencionando o facto de estar “muito bonito, airoso e confortável”.

A equipa do Pingo Doce de S. Romão é constituída por “35 funcionários”, assim como gerentes Raúl Dias e Noé Sousa.

“Estou a adorar estes dois meses, conheci gente espetacular do grupo Pingo Doce. Quero agradecer a todos por tudo o que fizeram por nós, desde aos fornecedores de todas as secções, formadores e funcionários, pelo esforço e empenho que tiveram, assim como a todos os trabalhadores desta obra”, concluiu a gerente.