quant
Fique ligado

Religião

Padre da Trofa na organização de ciclo de conferências missionárias

Publicado

em

Os Institutos Missionários Adgentes (IMAG) e os ANIMAG (Animadores dos Institutos Missionários Adgentes), em colaboração com as Obras Missionárias Pontifícias (OMP), vão organizar um ciclo de conferências missionárias durante o mês de outubro, em formato de videoconferência, dedicado ao tema “A falta que um rosto faz!”

Na organização deste evento está o padre Simão Pedro, natural da Trofa. “Neste momento de pandemia que vivemos, a tempestade que vivemos é inesperada e realmente estamos a sentir a falta e proximidade do rosto do outro. É uma oportunidade para repensar que sem o outro não fazemos sentido, deixamos de ter sentido. É em redação com o outro que ganhamos valor”, explicou o sacerdote, que é presidente dos ANIMAG, à Agência ECCLESIA.

As sessões realizam-se todas as quintas-feiras, às 21 horas, entre os dias 1 e 29 de outubro, com participação aberta e gratuita, mediante inscrição prévia, até 30 de setembro, disponível no link: https://docs.google.com/…/1FAIpQLScDbad7xw2PRf…/viewform.

A primeira sessão, a 1 de outubro, terá como orador o bispo da Diocese de Lamego, D. António Couto, que refletirá sobre a transformação «de “eu” para “eis-me aqui!”», baseando-se na mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Missões 2020.

No dia 8, será a vez da encenadora Matilde Trocado dissertar sobre “As Expressões de Proximidade”.

A terceira sessão, marcada para 15 de outubro, contará com a especialista em intervenção social, Rita Valadas, para refletir sobre “O outro diante de mim”.

Já a sessão do dia 22 será dedicada a “Desmascarar a missão”, com o professor da Universidade Católica, Juan Ambrosio.

Publicidade

Na quinta e última sessão, a 29 de outubro, o cardeal, teólogo e poeta, Tolentino Mendonça, vai partilhar “As palavras da missão”.

Continuar a ler...

Edição 776

Comemoração de Todos os Santos – serão milhões, os Santos?

Muitos cristãos veneravam Pôncio Pilatos como santo. De acordo com a Sociedade de Arqueologia Bíblica, os primeiros cristãos veneravam Pilatos de uma forma diferente. Agostinho saudava-o como “um convertido”.

Publicado

em

Por

A Igreja Católica celebra, no dia 1 de novembro de cada ano, a festa de Todos os Santos. Segundo a Enciclopédia Católica, esta comemoração “honra todos os Santos, conhecidos e desconhecidos”.No fim do século II, os cristãos começaram a honrar os que haviam sido martirizados por causa da sua fé,…

 

Já é assinante? Inicie sessão

Não é Assinante? Clique aqui e assine os nossos conteúdos a partir de 1 euro

 

Continuar a ler...

Religião

Jovens da Trofa na enchente que recebeu símbolos das Jornadas Mundiais da Juventude no Porto

Os grupos de jovens Gera Esperança, Ca’Fé e Mensageiros e o grupo de adolescentes que se vão crismar no próximo dia 30 de outubro juntaram-se à enchente que se encontrava na Ribeira do Porto.

Publicado

em

Por

A 1 de outubro, o Porto recebeu os símbolos das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ).

A chegada da cruz peregrina e do ícone mariano “Salus Populi Romani” chegou à Ribeira do Porto vinda do Peso da Régua, de barco, com várias centenas de jovens presentes, alguns deles oriundos das paróquias da Trofa.

Os grupos de jovens Gera Esperança, Ca’Fé e Mensageiros e o grupo de adolescentes que se vão crismar no próximo dia 30 de outubro juntaram-se à enchente que se encontrava na Ribeira do Porto e participaram na arruada com destino ao Terreiro da Sé do Porto, e tiveram oportunidade de carregar os símbolos durante uma parte do percurso.

Ao início da noite, decorreu no Terreiro da Sé a vigília de oração “Ora Arranca”, permitindo a todos rezar junto dos símbolos. Estas atividades proporcionam momentos de partilha e alegria aos jovens trofenses que, em grupo, aproveitam os momentos para conviver, refletir e rezar, num ambiente com uma energia contagiante.

A Jornada Mundial da Juventude decorre de 1 a 6 de agosto do próximo ano, em Lisboa, e é um encontro de jovens de todo o mundo com o Papa, reunindo milhares de peregrinos que se juntam para celebrar a fé e a pertença à Igreja. A JMJ nasceu em 1985, em Roma, por iniciativa do Papa João Paulo II.

Na Ribeira do Porto começou, assim, a peregrinação de um mês dos símbolos das JMJ nas 22 vigararias, com passagem pela da Trofa/Vila do Conde marcada para 23, 24 e 25 de outubro.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);