nafta.jpg

 

 

 

 

Quatro dias depois do alerta a nafta continua a ser recolhida no Ribeiro de Lantemil. Ao final do dia de quarta feira já tinham sido recuperadas mais de 7 toneladas.

As aguas do Ribeiro de Lantemil continuam a correr negras. Cerca de 13 toneladas de nafta foram derramadas no curso de água e ao final do dia de quarta-feira a empresa Carmona Lobbe, contratada pela Camara Municipal para recolher o conbustivel, tinha já conseguido recuperar mais de sete toneladas.

Mads a verdadeira polemica está instalada com a troca de acusações entre a ADAPTA – Associação para a Defesa do Ambente e patrimonio na Região da Trofa e a Camara Municipal. Os ambientalistas, em comunicado, acusam a autarquia de "inoperancia, escasses de meios e subavaliação" da situação.

Antonio Pontes, vereador do Ambiente da autarquia trofense refuta todas as acusações e refere que "A ADAPTA chegou ao terreno tardiamente e nada fez para ajudar nas operações e para compensar a "alegada falta de meios humanos. As pessoas da Associação deveriam eles proprios, ajudado na recolha . A prova de que a Camara actuou atempadamente é o facto de a nafta nem sequer ter chegado ao Rio Trofa", rematou.