Na contagem decrescente para as eleições autárquicas, CDS-PP, CDU, PS e PSD dedicaram a manhã de sábado ao contacto com o eleitorado na feira semanal da Trofa, onde distribuíram brindes, beijos e abraços e apelaram ao voto no dia 11 de Outubro.

Nunca como sábado os comerciantes da Feira/Mercado da Trofa tinham assistido a tamanha avalanche de comitivas políticas. As bandeiras amarelas e brancas seguiram Joana Lima que, acompanhada por alguns dos candidatos às freguesias e restante comitiva socialista, distribui “energia para mudar” por comerciantes e clientes. “Temos que ter muita contenção, vamos trabalhar até ao último dia mas sente-se realmente que a mudança está no ar”, afirmou. A socialista à Câmara Municipal da Trofa mostrou-se satisfeita com “a vontade muito grande” das pessoas em a cumprimentar, o que para a candidata “é uma prova evidente de que o PS vai ter uma vitória no dia 11 como teve no dia 27 de Setembro”.

partidos-feira

Os tambores anunciaram a passagem da comitiva laranja e até os mais pequenos se vestiram a rigor para apoiar o “compromisso” de Bernardino Vasconcelos. Muitos foram o que quiseram cumprimentar o candidato do PSD à autarquia, que garantiu já ter conquistado uma relação de “intimidade” com as pessoas. “Acho que as pessoas me saúdam com simpatia, no dia-a-dia sou sempre uma pessoa com muito à vontade e de gostar de falar com as pessoas e tenho aqui a retribuição disso, criámos alguma intimidade em termos relacionais em todos os momentos”, frisou.

No mercado Bernardino Vasconcelos apelou a população a votar “em projectos concretos e bem definidos” e defendeu que “a Trofa não pode passar por experiências”.

Mostrar que as propostas da CDU são “credíveis” foi o objectivo de Conceição Silva, que na feira da Trofa aproveitou para apelar à “coragem para mudar”. “O voto na CDU é um voto de confiança, é um voto credível e nós queremos melhorar, temos confiança e estamos aqui para ouvir e ser ouvidos para conhecermos os problemas, para haver uma interacção entre a população e a CDU”, assegurou.

“Confiança para vencer” tem sido o lema principal da candidatura do CDS-PP e também na feira este foi o apelo lançado por Paulo Serra entre os comerciantes. “Estou surpreendido pela positiva, porque estamos a ter uma boa recepção e estou convencido de que dentro do nosso espírito e da nossa forma de fazer a campanha está a correr muitíssimo bem”, referiu. O candidato garantiu que o apoio aos pequenos comerciantes será uma das medidas a concretizar se chegar à presidência da autarquia. “Sempre fui contra as grandes superfícies concentradas na própria região, porque isso vem estrangular e de certa forma acabar com estes comerciantes tradicionais”, considerou.

Depois do encontro no mercado da Trofa, os candidatos à Câmara Municipal da Trofa voltaram a estar frente a frente no debate autárquico transmitido em directo na Trofa Tv, na passada segunda-feira.