Era um almoço normal para uma mulher de cerca de 50 anos, moradora na Trofa, que, neste feriado do Dia do Trabalhador, foi almoçar ao Restaurante Coutinho, em Santiago de Bougado, mas que ia acabando em tragédia.

Leia mais na edição 692 do NT, já nas bancas.

Foto: ilustrativa (DR)