Miguel Ruben, juvenil do Trofense, foi observado por olheiros do AC Milan e convidado para uma semana de testes em Milanello, um dos mais prestigiados complexos desportivos do Mundo. Um sonho concretizado.

miguelruben.jpgO jovem ponta-de-lança, de apenas 16 anos, respondeu afirmativamente a um desafio do Maisfutebol e disponibilizou-se para escrever um diário sobre a aventura na academia do campeão europeu e Mundial.

Uma vez por dia, ao início da noite, Miguel Ruben vai contar aos leitores o que viu, como correu o seu treino nos juniores do AC Milan e quem conheceu neste admirável mundo novo. O jovem português chegou neste domingo a Itália, instalou-se em Milanello e vai permanecer na Academia até sexta-feira.

Aqui fica o primeiro dia da epopeia:

«Boa noite. Antes de mais, quero agradecer o desafio proposto pelo Maisfutebol, que aceitei de bom grado. Cheguei há pouco a Milanello. Já tinha feito as malas no sábado à tarde, mas o dia de domingo foi complicado.

Dormi bem, acordei por volta das 8h30 e saí de Gaia a caminho da Trofa, porque tinha jogo dos juvenis do Trofense às 11 da manhã. Na viagem, bateram por trás no carro da minha mãe. Tivemos de chamar a polícia, fomos a casa de táxi para buscar outro carro e, quando cheguei ao campo, o jogo já estava no intervalo.

O Trofense estava a vencer o Valonguense por 1-0. Mal cheguei, o treinador disse-me que ia treinar, aqueci à pressa, ainda tirei algumas fotografias e joguei na segunda parte. Fiz a assistência para o segundo golo e marquei o terceiro. No final do jogo, toda a gente do clube veio desejar-me felicidades para esta aventura. Foram impecáveis.

Voltei a casa, arrumei as malas e meti-me no avião às 17 horas. Porto-Lisboa, depois Lisboa-Milão. Quando cheguei, tinha um responsável do AC Milan à minha espera. Levou-me para Milanello, que é fora da cidade. Como é de noite, não deu para ver muito, mas isto é enorme. Imaginei algo gigantesco, mas isto ainda tem o dobro do tamanho.

Como devem compreender, tinha algum receio de que algo pudesse correr mal, mas felizmente isso não aconteceu. Instalaram-me numa residência no interior de Milanello e agora só quero descansar. Amanhã, foi fazer testes médicos de manhã e disseram-me que me iam levar a uma visita guiada às instalações, porque o treino é só na terça-feira.

Naturalmente, estou ansioso, mas confiante, até porque fui muito bem recebido. Quero deixar cumprimentos à minha família e amigos, bem como aos leitores do Maisfutebol. Acompanhem-me neste sonho concretizado.»

Fonte: MaisFutebol