A chuva intensa e ininterrupta que tem caído desde ontem provocou inundações em várias zonas do concelho.

Na manhã desta sexta-feira, quer Bombeiros quer Protecção Civil Municipal não tinham mãos a medir para acorrer a tantas situações. Uma delas está na zona da antiga linha de comboio, no centro da cidade da Trofa, cujas águas escorreram para algumas casas e prédios e provocaram alguns estragos. Também a Escola Secundária da Trofa teve de ser evacuada e encerrada devido à água que entrou para a cantina e outras divisões do edifício novo.

Na rede viária, uma das zonas mais complicadas é a Rua de Santiago, na Lagoa, em Santiago de Bougado, onde as águas do ribeiro transbordaram e tornaram a rua intransitável, aparentemente devido a uma obra feita recentemente que não permite que a água escoe com normalidade para um campo.

A zona da nova Estação, mais uma vez, esteve inundada assim como junto à Escola Básica 2/3 Professor Napoleão Sousa Marques. Noutras ruas, algumas árvores e cabos de eletricidade cairam.

Regista-se ainda a falta de eletricidade em algumas freguesias, nomeadamente S. Romão e S. Mamede do Coronado.

Recorde-se que o Norte do País está sob aviso laranja até às 18 horas do dia de hoje, com previsões de chuva forte e rajadas de vento que poderão atingir os 110 quilómetros por hora.

O aviso laranja é segundo mais grave da escala de quatro avisos do Instituto de Meteorologia (IM) e chama a atenção para uma “situação meteorológica de risco moderado a elevado”. “Inundações e quedas de árvores são as situações mais frequentes nas condições meteorológicas previstas”, disse fonte do Centro Distrital de Protecção Civil do Porto à Lusa.

{fcomment}