A autarquia trofense  dedica o ano de 2011 à homenagem a esta escritora e autora “amiga” da Trofa. O dia 2 de Abril, Dia Internacional do Livro Infantil,  ficará, por isso, marcado na Trofa, por esta sessão de homenagem a Matilde Rosa Araújo. Assim, pelas 15h30, decorrerá o Descerramento da Placa Toponímica da Rua Matilde Rosa Araújo, na freguesia de S. Martinho de Bougado, na aldeia de Esprela, numa via paralela à EN 104  (Rua Marques de Pombal).
 
A homenagem continua pelas 16h30, com a atribuição da designação “Sala Matilde Rosa Araújo” à Sala de Leitura Infanto-Juvenil” da Biblioteca Municipal localizada na Casa da Cultura da Trofa.
 
Na ocasião será ainda inauguração uma Mostra Bibliográfica sobre a autora, seguindo-se a abertura oficial da exposição de ilustração “Um Olhar de Menina” de Marta Madureira, na Casa da Cultura da Trofa e de um espaço que inclui um texto de homenagem à escritora por parte dos Meninos Cantores do Município da Trofa e do escritor valter hugo mãe.

 Autora de livros de contos e poesias para adultos, bem como de livros de contos e poesia para crianças, Matilde Rosa Araújo dedicou-se à defesa dos direitos das crianças, tendo recebido o Grande Prémio de Literatura para Crianças, em 1980, pela Fundação Calouste Gulbenkian, e o prémio para o melhor livro infantil “ Fadas Verdes”, em 1996, pela mesma Fundação. Matilde Rosa Araújo recebeu também o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique e foi igualmente, distinguida com o Prémio Carreira, da Sociedade Portuguesa de Autores.
 
Madrinha do Concurso Literário Nacional Conto Infantil, desde 2005, designado agora por Concurso Literário Lusófono da Trofa – Prémio Matilde Rosa Araújo, a autora visitou a Trofa com regularidade para assistir aos vários concertos dos Meninos Cantores do Município da Trofa, que várias vezes interpretaram algumas das suas obras, como “ As Cançõezinhas de Tila” e “Anjos de Pijama”.