Após quatro anos de mandato, Marco Ferreira não avança para a recandidatura à Comissão Política Concelhia (CPC) do Partido Socialista da Trofa. Os motivos para esta decisão que – disse em entrevista ao NT -, está tomada “há um ano”, são “pessoais” e “políticos”, negando que tenham passado pelos resultados das últimas eleições autárquicas, nas quais o PS saiu derrotado e com menor representatividade na Câmara e Assembleia Municipal.

Reportagem completa para ler na edição 651 do jornal O Notícias da Trofa.