Com uma história de 30 anos ao serviço da comunidade o Lions Clube da Trofa assinalou o seu aniversário com um jantar e a inauguração do monumento de homenagem ao Clube.

Alberto Fontes é o nome do novo presidente do Lions Clube da Trofa. A transmissão de funções decorreu  durante o jantar de celebração dos 30 anos de actividade deste clube, que teve lugar este sábado na Quinta do Zé Emílio, em Santiago de Bougado. Ainda antes do jantar foi inaugurado um monumento evocativo do 30ª aniversário dos Lions, na freguesia de S.Martinho de Bougado, na Rua Dr. António Augusto Pires de Lima.

Helena Alves, directora do Centro de Histocompatibilidade do Norte (CEDAC) felicitou o Lions da Trofa pelo trabalho "meritório que têm vindo a desenvolver no que diz respeito às campanhas de angariação de dadores de medula óssea, trabalho iniciado em 2003, através do Sr. Carneiro", frisou. A responsável lembrou que "em 1980, vinha como médica do hospital de S. João fazer colheitas ao concelho da Trofa com os Lions Clube da Trofa e este era um dos melhores grupos de colheitas e recordo desde sempre o carinho com que eramos tratados. O bom trabalho tem continuado com os dadores de medula óssea, penso que vai alargar-se, nós fizemos já alguns milhares de colheitas, neste concelho com o Lions Clube e espero que continuemos a trabalhar bem".

Em 2008 o Lions vai empreender mais uma campanha de medula óssea , permitindo assim aumentar o número de dadores e de dádivas.

Leonor Barros entregou a Alberto Fontes a presidência do Clube para o próximo ano, na cerimonia de transmissão de funções. O novo presidente assumiu o compromisso de trabalhar segundo o lema e o código de ética do Lionismo que defende valores como "honrar, cultivar a amizade, lutar e sobretudo servir e não servir-se".

Ainda antes do encerramento da festa Leonor Barros entregou ao companheiro Catarino do Lions Clube de Guimarães um cheque no valor de 2500 euros, angariados com o concerto do padre Luís Borga, para a campanha da Cegueira Reversível.

Por seu lado Bernardino Vasconcelos, presidente da autarquia considerou o trabalho do Lions da Trofa "muito importante, uma acção solidária, numa sociedade em que muitas vezes os valores e a ajuda ao próximo são esquecidos", assegurou.