O presidente da Assembleia Municipal, João Fernandes, leu uma mensagem em que critica Joana Lima, por esta não o ter escolhido para encabeçar a lista para ser reconduzido neste órgão autárquico.

Depois de saber que não era o eleito de Joana Lima, presidente da comissão política concelhia do PS Trofa, para encabeçar a Assembleia Municipal nas próximas eleições, o atual presidente deste órgão, João Fernandes, não ficou em silêncio. Na sessão extraordinária, realizada no dia 8 de agosto, o socialista leu uma mensagem, criticando a decisão de Joana Lima, que lhe terá sido comunicada pela própria “por telemóvel”, “uma hora antes da aprovação das listas da Câmara e Assembleia”. “Solicitou uma reunião para me informar que eu não seria a pessoa da sua confiança para liderar a lista do PS à Assembleia Municipal”, afirmou João Fernandes, que referiu logo de seguida que percebeu que “estava a ser saneado politicamente”.

Leia a reportagem completa na edição do jornal O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.