quant
Fique ligado

Trofa

Incêndio em casa de banho obriga a intervenção dos Bombeiros

Publicado

em

Um incêndio urbano, no lugar de Trinaterra, S. Mamede do Coronado, obrigou à intervenção dos Bombeiros Voluntários da Trofa, na manhã de terça-feira.

O alerta chegou ao quartel cerca das 8.20 horas e chegados ao local, os soldados da paz constataram que o foco, existente na casa de banho de uma habitação, já havia sido apagado por um familiar do proprietário da casa.

Segundo Filipe Coutinho, segundo comandante da corporação, os bombeiros procederam “à desemfumagem e rescaldo”.

No local estiveram quatro elementos dos Bombeiros Voluntários da Trofa, apoiados por uma viatura.

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Trofa

Covid-19: Portugal com novo máximo diário de infetados

Portugal registou 65.706 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 41 mortes associadas à covid-19, indicam os números hoje divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Publicado

em

Por

Direitos reservados

Portugal registou 65.706 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, e mais 41 mortes associadas à covid-19, indicam os números hoje divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim epidemiológico diário, hoje estão internadas 2.249 pessoas, uma descida significativa nas últimas 24 horas – menos 64 do que na quarta-feira.

Verificou-se também uma descida nos internados em unidades de cuidados intensivos, que são agora 147 (menos sete do que no dia anterior).

Já o número de casos ativos aumentou para 558.129, uma subida acentuada de mais 42.167 casos.

Nas últimas 24 horas, 23.498 pessoas foram dadas como recuperadas, para um total de 1.865.651.

Continuar a ler...

Trofa

🔊 Candidata do PAN viajou de comboio para alertar para a “falta de ligações” na Trofa

Publicado

em

Por

Foi de comboio, desde Campanhã, que a comitiva do PAN, liderada pela cabeça de lista pelo Porto à Assembleia das República, chegou à Trofa para uma ação de campanha próxima da população.

A viagem de Bebiana Cunha de comboio não foi feita por acaso. O objetivo foi “alertar para a falta de ligações no concelho”, dentro do qual as pessoas se mantêm “abandonadas e esquecidas” pela governação.

“A ligação da ferrovia deixa muito a desejar”, referiu a candidata, referindo-se ao facto da falta de cobertura no território. “Se uma pessoa necessita de ir da Trofa até à Maia, dificilmente usará os transportes públicos, mas poderia haver uma ligação, se não fosse por ferrovia, poderia ser por metro, que permitisse chegar rapidamente e as pessoas pudessem deixar o automóvel em casa”, argumentou, sem deixar de sublinhar que há “freguesias abandonadas, como o Muro e Santiago de Bougado”.

Através desta ação de campanha, Bebiana Cunha e a restante comitiva aproveitou para “reiterar o compromisso” junto dos trofenses, de que o partido irá, na Assembleia da República, “insistir nas ligações” que faltam.

“O PAN quer fazer pressão para que as coisas, efetivamente, aconteçam e se as coisas acontecerem, também estaremos a aproximar as pessoas da política, porque muitas afastam-se porque estão desacreditadas”, acrescentou a candidata.

Quanto à representatividade do partido no concelho, graças à eleição de Rodrigo Reis na Assembleia Municipal, Bebiana Cunha confirmou o “bom feedback” que o partido tem recebido a partir da Trofa. “Acima de tudo, porque sentem que o PAN é uma lufada de ar fresco na política e porque tem uma visão própria do século XXI, com propostas mais arrojadas e mais adequadas àquelas que são as necessidade das pessoas”, sustentou.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também