O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto com o apoio dos militares do posto da Trofa da GNR, no dia 7 de outubro, deteve um homem com 47 anos, pelo crime de violência doméstica, na Maganha, em Santiago de Bougado.

Ao inicio da tarde a vitima pediu apoio à GNR da Trofa pelo facto de estar a ser vitima de agressões e ameaças de morte.
Quando os militares da Trofa chegaram ao local o homem colocou-se em fuga.

Face ao cenário de violência domestica foi acionado o Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto.

Os militares apuraram que, nos últimos meses, o suspeito injuriava, aterrorizava e ameaçava de morte a vítima, sua esposa, de 39 anos, exigindo obediência e dinheiro. No último episódio de violência, o suspeito terá atacado a vítima com um machado de cortar lenha, acabando por destruir todo o interior da residência, deixando um cenário de grande violência e terror.

O suspeito, com antecedentes criminais por ofensas à integridade física, foi detido, já ao final da tarde quando regressava a casa, tendo sido presente, ontem, dia 8 de outubro, a 1.º interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Foto arquivo