Novas caras num plantel que na sua maioria se manteve inalterado em relaçao à época passada, foram apresentadas aos sócios e simpatizantes do F.C. S. Romão no s.romao.jpgpassado domingo, num confronto com o Inter de Milheirós. O resultado de 3-3 obrigou ao desempate por grandes penalidades, acabando assim o S. Romão por vencer a partida.  

O jogo de apresentação do S. Romão começou com uma primeira parte pouco dinâmica, com as duas equipas a apostarem mais em testar jogadores e pôr em prática questões tácticas, deixando de lado a competitividade.

Ao minuto 26, Miguel sobre o flanco direito fez três remates consecutivos, obrigando o guarda-redes do Inter de Milheirós a alguma “ginástica” para impedir que a bola entrasse nas suas redes.

A faltarem cerca de cinco minutos para o intervalo, Doro assustou a plateia, ao levar o esférico para dentro da baliza do S. Romão, mas o árbitro anulou a jogada, por fora de jogo.

A segunda metade da partida trouxe algumas mudanças na constituição das duas formações e a partida ganhou novo dinamismo.

Aos 60 minutos, Filipe passou a bola a Miguel, que sem oposição empurrou o esférico para o fundo das redes de Hugo, que fez o 1-0.

Acertado o alvo, Miguel repetiu o feito passado um minuto, e ao levantar a bola por cima do guardião visitante aumentou a diferença de golos para duas bola a zero.

Como não há duas sem três, aos sessenta e oito minutos Miguel fez o seu “hat-trick”, na sequência de uma assistência de Filipe.

A perder por 3-0, a equipa de Milheirós não se rendeu ao resultado e aumentou a suas investidas em direcção à baliza do S. Romão. Assim, ao minuto 70, Douglas conseguiu minimizar o resultado no marcador para 3-1, através de uma bola que bateu na parte interna da trave, não dando assim hipótese para a defesa de Hugo.

Sete minutos volvidos, na marcação de um pontapé canto, Frank cabeceou para o 3-2. O golo do empate chegou passados cerca de cinco minutos, por Maciel, que aproveitou uma falha na defensiva da casa.

O apito final chegou quando o marcador apontava para um empate a três bolas, que obrigou à marcação de grandes penalidades para a atribuição de medalhas e respectivos troféus.

O primeiro jogador chamado a converter foi Moutinho, seguindo-se Sérgio, Costa Maia, Carlos Manuel, Ricardo e Maciel, tendo todos convertido com sucesso. De seguida Daniel também não falhou e a falha do jogador do Inter de Milheirós, André, trouxe a esperança à equipa da casa, mas faltava ainda a marcação de um “penalty” para cada equipa. O último remate da casa foi da autoria de Filipe, que falhou, mas Frank ao não conseguir aproveitar a igualdade deu a vitória ao S. Romão.

No final do encontro, procedeu-se à atribuição das respectivas medalhas e taças de vencedor e vencido, entregues pelas mãos do pároco da freguesia de S. Romão do Coronado, Manuel Domingues dos Santos, o responsável pelo pelouro de Desporto e Juventude, Sérgio Humberto, pelo presidente da Junta de Freguesia, Guilherme Ramos, seguindo-se um lanche convívio entre as equipas.

Diana Azevedo

 

Local: Campo do Futebol Clube S. Romão

 

S. Romão

T. José Carvalho

Hugo

Hélder

Pepe

Alex

Costa Maia

Miguel

Carlos

Patrício

Vitó

Parreco

Silva

Jogaram ainda:

Folgosa

Simão

Filipe

Moutinho

Daniel

Ricardo

Zé Tó

 

Inter Milheirós

T. Jaime Marques

Hugo

Pedro

Ricardo

Sérgio

Carlos Manuel

David

Guilherme

Barbosa

Douglas

Doro

Maciel

Jogaram ainda:

Shurman

Frank

Rui Silva

André

 

Árbitro: Vítor Oliveira, auxiliado por Hélder Costa e João Oliveira

 

Marcadores: Miguel (65′, 66’ e 68’), Douglas (70′), Frank (77′) e Maciel (82′)

 

Resultado intervalo: 0-0

Resultado final: 3-3 (7-6 após grandes penalidades)