As famílias Amorim e Lage chegaram a acordo com as famílias Moreira da Silva e Silva Domingues para a venda de 100% do Grupo Cerealis.

Fundada em 1919, três gerações das famílias Amorim e Lage desenvolveram ao longo de mais de 102 anos um dos maiores grupos portugueses do setor agroalimentar com presença nos setores das massas alimentícias, dos cereais de pequeno almoço, das farinhas industriais e culinárias e das bolachas.

Com forte presença em Portugal e em franco crescimento internacional, a Cerealis detém as reconhecidas marcas Milaneza, Nacional, Harmonia e Concordia e fábricas na Maia, Porto, Trofa, Coimbra e Lisboa. O Grupo tem ainda uma participação de 33,3% na Europasta, empresa de massas alimentícias com sede na República Checa.

A aquisição da Cerealis, que está ainda sujeita a autorização da Autoridade da Concorrência, será feita pela TEAK Capital, B.V. e pela TANGOR Capital, S.A., empresas de investimento dos novos acionistas, mantendo-se 100% portuguesa.

Os vendedores manifestam-se confiantes com a solução acionista encontrada para a aquisição da Cerealis e desejam à empresa e aos novos acionistas um futuro com muitos sucessos.

Do lado comprador, Carlos Moreira da Silva referiu que “estamos satisfeitos com o acordo a que chegámos com os acionistas e convencidos de que a Cerealis, mantendo os critérios de excelência e de inovação reconhecidos pelos consumidores portugueses, poderá iniciar uma nova fase de crescimento, diversificação e internacionalização, apostando para isso no desenvolvimento dos seus colaboradores”.