A “convite da Quinta da Paz”, na vila de Paço de Sousa, a Gota d’Água vai poder proporcionar “a 35 crianças” trofenses “uma belíssima e inesquecível colónia de férias”, com início a 30 de junho e término a 5 de julho.

“As crianças quando chegaram ficaram encantadas com toda aquela paisagem, inclusive as mães que acompanharam os filhos”. Este foi o sentimento dos jovens trofenses que participam na colónia de férias, que conta com “uma área de campismo num ambiente rural, junto à natureza, ribeiro, espaços verdes, piscina, campo de futebol, paintball, canoagem, corta mato, luta de balões de água e outros desportos radicais”, que fazem “as delícias destas crianças”.

Através destas atividades e provas em equipa, a associação pretende “estimular o trabalho em grupo e incutir nos campistas espírito de luta para serem vencedores”, uma vez que no quotidiano “as crianças vão-se deparar com muita competitividade” e, nesse sentido, “as atividades tentam animar todos os campistas a lutarem até ao fim pelo seu grupo”. “São colocados alguns princípios morais e importantes às crianças de uma maneira jovem, atual e interativa tais como, tendo como intuito que levem esta atitude e a apliquem na escola, vida profissional, pessoal e familiar”, enumerou.

A iniciativa foi divulgada por “todas as instituições locais”, mas teve que ser “limitado o número de inscrições”, sendo que as “crianças sinalizadas na loja social foram isentas da taxa de inscrição”. “Todos os campistas têm todas as regalias (pequeno-almoço, almoço, lanche, jantar e ceia), além das variadas aventuras, que esperamos que guardem boas recordações”, referiu.

Fonte da associação adiantou ainda que no próximo ano “este projeto tem que abranger um número maior de crianças, mas para que tal se concretize vão utilizar estratégias e articulações mais eficazes no sentido de proporcionar às crianças, jovens e suas famílias mais dignidade e felicidade”, complementou.