O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do destacamento territorial de Santo Tirso da GNR, deteve um jovem de 19 anos por tráfico de estupefacientes, no concelho de Santo Tirso, ontem, 8 de abril.

“No âmbito de uma investigação por tráfico de estupefacientes, os militares da Guarda encetaram diversas diligências policiais que culminaram na detenção em flagrante do suspeito que se encontrava a vender produto estupefaciente na via pública. Apurou-se ainda que o indivíduo fazia parte de uma rede de tráfico de estupefacientes nos concelhos da Trofa, Póvoa do Varzim e Paços de Ferreira”, fez saber a Guarda, em comunicado.

Na sequência da detenção, foi realizada uma busca domiciliária, onde foi possível apreender 23 doses de cocaína; 16 doses de haxixe; uma balança de precisão; uma faca de corte; um rolo de película de celofane; um telemóvel e 35 euros em numerário.

O detido foi constituído arguido e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Santo Tirso.  

Já ontem, a GNR, também através do NIC, anunciava a detenção de outro jovem de 19 anos, na Póvoa de Varzim. A detenção ocorreu na quarta-feira, com os militares a apanharem o indivíduo “em flagrante”, quando este “se encontrava a vender na via pública”.

Também este detido está associado à mesma rede que opera na Póvoa de Varzim, Trofa e Paços de Ferreira.

No seguimento da ação policial, foi realizada uma busca domiciliária, onde foi possível apreender 282 doses de haxixe, além de duas balanças de precisão, duas facas de corte, uma tesoura, um rolo de película de celofane, um telemóvel e ainda 100 euros.

O detido, com antecedentes criminais pelo mesmo crime, foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Santo Tirso.

A 31 de março, o NIC de Santo Tirso deteve, em Paços de Ferreira, um homem de 22 anos, tido como o “principal colaborador de uma rede de tráfico de droga que proliferava no concelho da Trofa”.

“O suspeito recebia e preparava o produto estupefaciente, dividindo-o em doses, procedendo posteriormente à sua transação”, explicou a Guarda, em comunicado.

Na sequência da detenção, foi realizada uma busca domiciliária onde foi possível apreender 2228 doses de haxixe, 24 doses de canábis, uma balança de precisão e 420 euros em dinheiro.

Com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, o detido foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, para aplicação das medidas de coação.