Os militares da GNR da Trofa, no dia 9 de fevereiro, apreenderam 165 pares de calçado contrafeito no âmbito de uma operação de fiscalização à feira semanal da Trofa.

O objetivo principal destas apreensões é garantir o cumprimento dos Direitos de Autor e Direitos Conexos e da Propriedade Industrial, visando essencialmente o combate à contrafação, ao uso ilegal de marcas e a venda de artigos contrafeitos.

Da ação resultou ainda a identificação de um homem com 42 anos, morador em Vila Nova de Famalicão, o mesmo foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.