Foi deixar em casa uns baldes de areia, quando se apercebeu que algo se tinha passado na habitação, que já se encontra desabitada desde o ano passado.

O que despertou a atenção de Marcelino Silva, marido da proprietária da habitação situada na Rua das Fontaínhas, em Santiago de Bougado, foi a ausência de duas portadas, que terão sido furtadas. Ao entrar na habitação, deu com o lavatório da casa de banho e com várias peças de candeeiro no tapete do hall de entrada.

Ao percorrer o interior da casa, o homem deparou-se com a casa de banho destruída, de onde furtaram as torneiras. Desconhecidos terão ainda usado um banco para aceder ao sótão e para furtar dois candeeiros de outra divisão. Já na cozinha furtaram os bicos do fogão.

O homem só deu pelos furtos na manhã de quarta-feira, 5 de fevereiro, tendo sido chamada ao local a GNR da Trofa durante a tarde do mesmo dia.
Os indivíduos terão entrado pelas janelas, que estariam abertas para a casa apanhar ar.