Uma funcionária da Santa Casa da Misericórdia da Trofa, que trabalha no serviço de apoio domiciliário, testou positivo para o Covid-19.

Segundo fonte ligada à instituição, a colaboradora, com cerca de 45 anos, fez o teste no dia 1 de abril e o resultado foi conhecido no dia 4. Não apresentava sintomas e fez teste como todos os colaboradores da Santa Casa.

A mesma fonte revelou que “a mulher conheceu o resultado do teste no dia que regressou ao trabalho depois de três dias de folga”, foi enviada para casa e as três colegas, todas do serviço de apoio domiciliário que com ela estiveram, foram colocadas em isolamento profilático e até ao dia de hoje não manifestaram sintomas”. “As colaboradoras cumprem rigorosamente todas as medidas de higiene e segurança, usam os equipamento de proteção individual o que permite estarmos tranquilos, mas atentos, a possíveis cadeias de contaminação”.

Na Misericórdia da Trofa os colaboradores trabalham “em espelho” (regime de trabalho por equipas que todas folgam nos mesmos dias e trabalham na mesma altura) e não utilizam outras instalações. Cada serviço funciona de forma autónoma.

No apoio domiciliário, a Misericórdia da Trofa cobre as necessidades de 80 pessoas. Durante estes dias de agravamento do surto, os colaboradores, antes de entrar ao serviço, são sujeitos à medição da temperatura para despistagem de febre.

Recorde-se que, no serviço de lar, todos os utentes e funcionários testaram negativo para a Covid-19.