Uma funcionária da empresa Preh, na Trofa, está contaminada com vírus COVID19.

De acordo com a informação da empresa, através de uma circular disponibilizada aos colaboradores, a mulher terá, a 26 de Março, entrado em contacto com a empresa para reportar a informação.

A mulher infetada terá feito o teste a título pessoal e por iniciativa própria e que acabou por testar positivo para o COVID 19.

De acordo com a circular da PREH a funcionária infetada que trabalha na montagem automóvel, está ausente da empresa desde dia 19 de março e as pessoas que com ela contactaram foram já informadas e estão já a cumprir quarentena e a aguardar contacto da Linha SNS24.

A empresa garante estar a acompanhar diariamente, através do seu gabinete médico, as funcionárias que ficaram a casa que são um total de 6 que se mantem “sem sintomas”. No documento a que O Notícias da Trofa teve acesso a Preh apela para que os funcionários “apliquem de forma rigorosa as medidas de prevenção” em vigor.

Empresa confirma caso positivo e explica medidas de mitigação implementadas

José Mendes, gerente da Preh Portugal confirmou ao NT que a trabalhadora está com teste positivo. Adiantou que a Preh Portugal tem como principal objetivo manter a saúde e bem-estar dos seus 1500 trabalhadores e que “Desde janeiro, tem tomado medidas para diminuir a possibilidade de contagio dentro das instalações, através da implementação de medidas que passam, por exemplo, assegurar que os trabalhadores do turno que vai iniciar cada período só entram nas instalações após a saída dos colegas do turno anterior”.

O gerente adiantou ainda que “todos os trabalhadores ao entrar na empresa, tem de dar a conhecer a temperatura corporal e caso registem uma temperatura entre 37 e 37,4 graus são colocados em isolamento numa área preparada para o efeito dentro das instalações da empresa e passam a ser acompanhados pela equipa médica. Nos casos em que a temperatura é igual ou superior a 37,5 graus os trabalhadores são enviados para casa e têm de contactar a linha saúde 24”, adiantou José Mendes realçando que “continuam a ser acompanhados, a partir daí, telefonicamente, pela equipa médica da Preh”.

Outra das várias medidas implementadas foi nas áreas comuns da empresa é “o limite de número de colaboradores que podem, ao mesmo, tempo utilizar as áreas comuns” finalizou o responsável.

Na Trofa e segunda a Direção Geral de Saúde há 14 contaminados com CoronaVirus.

Noticia atualizada pelas 23horas com declarações do responsável da empresa