quant
Fique ligado

jonati

Trofa

Forave aposta em formação ERASMUS +

Num primeiro trimestre em que alunos e professores prepararam os trabalhos a apresentar nas mobilidades de intercâmbio a realizar em 2023, a formação ERASMUS + de staff e alunos dominou as mobilidades europeias da FORAVE.

Publicado

em

Num primeiro trimestre em que alunos e professores prepararam os trabalhos a apresentar nas mobilidades de intercâmbio a realizar em 2023, a formação ERASMUS + de staff e alunos dominou as mobilidades europeias da FORAVE.

O ano letivo iniciou-se com os estágios em Palma de Maiorca, Espanha, de um grupo de alunos recém-diplomados dos cursos profissionais de Gestão, de Eletrónica, Automação e Comando, de Qualidade Alimentar e de Manutenção Industrial, que tiveram a oportunidade de aplicar e desenvolver, em contexto de trabalho internacional, os conhecimentos adquiridos ao longo dos três anos de formação e de desenvolver ainda as suas competências interculturais e linguísticas. Também os alunos do 2.º ano do Curso Profissional de Gestão e de Transformação de Polímeros/Eletrónica, Automação e Comando tiveram a oportunidade de realizar o seu estágio profissional em Aguilar de Campoo, Espanha.

A melhoria da prática pedagógica e de conhecimentos, competências e qualificações técnicas e transversais é parte integrante do Plano de Formação ERASMUS + estabelecido pela direção da FORAVE, pelo que vários elementos do staff participaram, em Espanha e França, nas formações “Digital Turn: How to make your school more digital?”, “Positive Education for Well-Being and Life-Skills Development” e “Social and Emotional Learning (SEL) in Successful Schools”.

No âmbito do projeto “Hybrid Learning Lab for Industry 4.0 Mechatronics”, quatro docentes participaram, na Polónia, em atividades de formação na metodologia CLIL (Content and Language Integrated Learning) e em visitas a empresas locais com o objetivo de desenvolver uma Learning Unit que alinhe o ensino profissional, no domínio da mecatrónica, com as necessidades do mercado de trabalho no contexto da indústria 4.0, procurando desenvolver nos alunos as competências-chave necessárias para a sua participação ativa no mercado de trabalho.

Por sua vez, no projeto “Shape the future teacher”, três docentes tiveram, durante o encontro em Beaune, França, formação em várias ferramentas e plataformas digitais, que partilharão com os alunos no âmbito de módulos sobre “Ambiente e Sustentabilidade”.

A FORAVE aposta também na formação internacional dos seus alunos pelo que proporcionou, neste 1.º trimestre, um período de formação na Estónia e na Espanha, a duas turmas finalistas de Eletrónica, Automação e Comando e de Gestão. Durante dez dias, alunos e professores da FORAVE participaram em aulas técnicas, visitas de estudo a empresas e workshops relacionados com a preparação dos alunos para a entrada no mundo do trabalho, desenvolvendo, ao mesmo tempo, competências transversais, interculturais e linguísticas.

Os projetos em que a escola está envolvida continuaram os seus trabalhos. pelo que elementos do staff participaram, em Valência, Espanha, em mais uma reunião de trabalho com parceiros do projeto Career Pathways, que tem como foco a formação de perfis adequados aos desafios globais da indústria e o desenvolvimento de percursos de carreira adequados às mudanças que ocorrem no mercado de trabalho, decorrentes da Digitalização e da Economia Verde.

Publicidade

O trimestre encerrou com o Evento Multiplicador do projeto “ERASMUS + We R Open – An educational approach for digital upskilling of Teaching, Managerial and Administrative staff of VET Schools”. Desenvolvido com parceiros de escolas profissionais e entidades de formação de Itália, Espanha, Grécia e Chipre, sob a coordenação da FORAVE, o projeto tem como objetivo desenvolver um conjunto de ferramentas online que permitirão apoiar as instituições de ensino e formação profissional no seu processo de digitalização e desenvolver ações e programas necessários ao staff docente e administrativo no seu esforço de requalificação de competências digitais e comunicacionais. Durante o evento, foram partilhados os dois resultados intelectuais do projeto. O Toolkit Online “Salas de aula VET”, um repositório de ferramentas e recursos educativos online para professores e formadores, e o Curso E-learning para staff administrativo e de back-office, organizado com o objetivo de colmatar falhas nas competências digitais do staff administrativo e de gestão. Estas ferramentas terão a sua versão final do mês de dezembro e serão partilhadas no site do projeto (weropen-project.eu) para serem utilizadas, de forma gratuita, por todas as escolas profissionais.

Continuar a ler...

Edição 782

Marcada nova greve dos motoristas da Transdev e Ave Mobilidade

Está convocada uma nova greve de 24 horas para este mês.

Publicado

em

A 13 de janeiro, a greve dos motoristas provocou transtornos na circulação de transportes públicos rodoviários na rede explorada pela Transdev e pela Ave Mobilidade. A paralisação de 24 horas afetou o normal fluxo dos autocarros das empresas, que têm atividade no concelho da Trofa e territórios limítrofes, como Santo Tirso e Vila Nova de Famalicão.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos do Norte (STRUN) a greve rondou os 75%, tendo tido mais impacto no Norte. José Manuel Silva, do STRUN, revelou que as contas do Sindicato apontam para “100%” de paralisação nalguns concelhos e os concelhos onde mais se notou foram “Fafe, Guimarães, Cabeceiras de Basto, Mondim de Basto, Celorico de Basto, Santo Tirso, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Porto”.

Está convocada uma nova greve de 24 horas para 6 de fevereiro e enquanto o dia não chega o STRUN mostrou-se disponível para reunir com a Transdev a fim de negociar as reivindicações dos trabalhadores.

O que reivindicam os trabalhadores?

Em comunicado, o STRUN acusou a empresa de “arrogância” e “falta de cedência da administração”, às pretensões dos motoristas, entre as quais “aumentos salariais a partir de janeiro de 2023 na mesma percentagem do salário mínimo nacional, ou da inflação, aquela que for mais favorável aos trabalhadores, como vão receber os trabalhadores das empresas filiadas na ANTROP [Associação Nacional de Transportes de Passageiros]”, o “horário de almoço entre as 11h00 e as 14h30, mínimo uma hora, máximo três horas” e um “horário de jantar entre as 19:30 e as 22:00” e o pagamento do pequeno-almoço para “quem inicia serviço antes das 06h00”.

Além disso, reivindicam que o local de trabalho deve ser “aquele para onde o trabalhador foi contratado e não pode rodar para outro mesmo que diste a mesma distância casa-trabalho”, e os trabalhadores, “sempre que na hora de almoço ou jantar estejam deslocados do seu local de trabalho”, devem ter “direito ao almoço ou jantar em deslocado”. Pretendem também “acumulação do subsídio de alimentação com almoço ou jantar em deslocado ou penalizado” e não aceitam receber o “subsídio de complemento de condutor”, pretendendo manter o “subsídio de agente único com a sua redação anterior”.

Ainda segundo o STRUN, os trabalhadores “não aceitam qualquer intervalo com duração inferior a uma hora” e “exigem que as escalas de serviço sejam fixadas em papel nos locais de trabalho”.

Continuar a ler...

Trofa

Fátima Lopes oferece imagem criada por santeiro mamedense a Tony Carreira

Esta terça-feira, a apresentadora de televisão Fátima Lopes, acompanhada pelo padre João Luís Silva, pároco de Montargil, visitaram a Associação Sara Carreira, criada por Tony Carreira em homenagem à falecida filha, e ofereceram uma imagem de Nossa Senhora do Coração Orante ao cantor.

Publicado

em

Esta terça-feira, a apresentadora de televisão Fátima Lopes, acompanhada pelo padre João Luís Silva, pároco de Montargil, visitou a Associação Sara Carreira, criada por Tony Carreira em homenagem à falecida filha, e ofereceu uma imagem de Nossa Senhora do Coração Orante ao cantor.

Esta imagem mariana, destinada a uma dar nome a uma capela a construir em Montargil, foi concebida em S. Mamede do Coronado, pelo artista santeiro Augusto Ferreira.

Uma mulher suplicante de joelhos com o coração na mão, a imagem pertence ao Movimento da Mensagem de Fátima da Arquidiocese de Évora.

No dia 31 de maio de 2022, a estátua foi apresentada em Fátima, com a presença do escultor mamedense, que explicou o processo de construção. “Falando tecnicamente, é um processo que, no início, se desenvolve com um trabalho em barro, para resolver alguns detalhes técnicos e medidas canônicas, por aí fora, até chegarmos ao trabalho final, no qual tivemos de dar tudo por tudo, para conseguir passar para a matéria-prima tudo aquilo que está na cabeça. Eu acho que não se atinge certos níveis de ‘perfeição’, que não é a do lado técnico nem do lado estético, mas sim a perfeição que é aquela conseguir fazer com que, de facto, o crente perceba a mensagem que está ali”, explicou aos jornalistas.

A apresentadora de televisão Fátima Lopes é uma das embaixadoras da campanha de oração e elogiou a “beleza” e “doçura” da imagem. O mesmo fez o Papa Francisco, que benzeu a estátua, em outubro de 2021, num momento em que ressalvou a importância de sempre rezar pelo santo padre e de que o terço é a oração universal.

A ideia de criar a Senhora do Coração Orante, que já esteve em momentos de oração na cela de irmã Lúcia e no santuário de Fátima, surgiu a partir do centenário da imagem peregrina da Capelinha das Aparições e da morte de Jacinta.

“Ela é a Senhora de Fátima, só que representa a vida de todos os peregrinos. Quando vão a Fátima e à Capelinha das Aparições, eles têm o objetivo de pedir ou agradecer e fazem-no sempre através da oração e é tão interessante perceber que, quando chegamos à capelinha, Nossa Senhora já reza connosco e está de joelhos para levar as nossas orações a Deus”, explicou o padre João Luís Silva, pároco de Montargil.

Publicidade

Foto

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Pode ler também...

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);