Um golo de Adilson deu hoje ao Estoril-Praia a primeira vitória fora de casa (1-0), batendo o Trofense, que somou a quarta derrota consecutiva, em encontro da 10.ª jornada da Liga de Honra em futebol.

Ambas as equipas procuravam a vitória, embora por motivos completamente opostos: o Trofense para fugir à onda de maus resultados e aos últimos lugares da tabela e o Estoril para se conseguir manter entre os cinco primeiros e poder continuar a acalentar o desejo de subir de escalão.

O ritmo de jogo foi intenso desde o início, embora os locais mostrassem pouco discernimento na hora de atacar a baliza, enquanto o clube visitante jogava de forma mais organizada.

O primeiro lance de real perigo até pertenceu ao Trofense, com Feliz a rematar ao lado (24 minutos), mas o golo da formação orientada por Fabiano Soares surgiu com naturalidade a castigar a falta de atenção da defesa da casa.

Após dois remates, primeiro por Licá e de seguida por João Coimbra, e de duas consecutivas grandes defesas, por instinto, de Trigueira, quando a bola parecia ter sobrado para a defesa trofense, Adilson surgiu isolado e faz um “chapéu” ao guarda-redes (35 minutos).

O conjunto de António Sousa empenhou-se então na busca do empate e protagonizou as melhores oportunidades, mas a bola não entrou. Com o percurso de jogo a tomar uma única direção, o Estoril foi obrigado a encostar-se à sua grande área, apostando apenas em jogadas de contra-ataque esporádicas.

Nota para as tentativas falhadas de Edú (37), Reguila (56), André Carvalhas (65 e 71) e Santos (90). Já nos descontos, após jogada de Reguila, Zé Manel atirou com estrondo contra o corpo de Vagner, frustrando quem ainda suspirava por um empate na Trofa para evitar a descida ao último lugar da tabela classificativa.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Estoril-Praia, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Adilson, 35 minutos.

Equipas:

– Trofense: Trigueira, João Viana, Santos, Elvis, David (Pedro Araújo, 09), Pedro Santos (Crivellaro, 71), Tiago, Edú, Feliz (André Carvalhas, 60), Zé Manel e Reguila.

(Suplentes: Marco, Moura, André Viana, André Carvalhas, Crivellaro, Gilmar e Pedro Araújo).

– Estoril-Praia: Vagner, Vítor Moreno (Anderson Luís, 66), Steven Vitória, Lameirão, Tiago Gomes, Gonçalo Santos, Licá, Diogo Amado, João Coimbra (Carlos Eduardo, 82), Adilson (Gerso, 75) e Pedro Moreira.

(Suplentes: Ernesto, Anderson Luís, Gerso, Bruno de Paula, Fabrício, Erick e Carlos Eduardo).

Árbitro: André Gralha (Santarém).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Steven Vitória (31), Elvis (33), João Viana (45), Pedro Santos (60) e Zé Manel (70).

Assistência: 1.248 espectadores.

Lusa