A Escola Secundária da Trofa e a Escola Básica e Secundária do Coronado e Castro estão no lote dos quase 800 estabelecimentos de ensino que se mantêm abertos, para acolher os filhos de profissionais hospitalares e de emergência.

Contactados, os diretores dos agrupamentos de escolas da Trofa e do Coronado e Castro referiram que não há nenhum aluno a usufruir do funcionamento dos estabelecimentos.

No Coronado e Castro, concretamente, houve apenas “dois contactos” de encarregados de educação “a solicitar informações acerca do funcionamento da escola”, revelou, acrescentando que, “caso seja necessário”, poderá abrir a Escola do Castro, em Alvarelhos.

No Agrupamento de Escolas da Trofa, Paulino Macedo mostra também disponibilidade para abrir a Escola Básica de Finzes, caso os alunos, filhos de profissionais de saúde ou das forças de segurança, socorro, Forças Armadas ou trabalhadores de serviços p, sejam do 1.º ciclo.

Desde esta quinta-feira, os alunos do concelho abrangidos pelos escalões A e B podem ter acesso à refeição escolar gratuitamente. O almoço, servido em regime de take-away, só pode ser levantado pelo encarregado de educação ou pessoa designada, entre as 12 e as 13 horas, de segunda a sexta-feira.

Para os alunos das freguesias do Muro e Alvarelhos e Guidões, as refeições estão disponíveis na Escola Básica do Cerro 1. Para as crianças do Coronado e Covelas, a escola onde devem ser levantadas as refeições é a de Feira Nova, em S. Mamede do Coronado. A Escola Básica de Finzes, em S. Martinho de Bougado, é aque disponibilizará refeições para os alunos da freguesia de Bougado.

O pedido de refeições deve ser feito através de um contacto por email educacao@mun-trofa.pt ou por telefone para o 252403690, até às 16 horas do dia anterior, no qual deve estar indicado o nome do aluno e a zona de residência.