quant
Fique ligado

Trofa

ESCOLA PROFISSIONAL FORAVE BARÓMETRO DO SUCESSO DO ENSINO PROFISSIONAL EM PORTUGAL

Publicado

em

Após dois meses do término do passado ano letivo, a FORAVE apresenta um resultado de empregabilidade acima dos 90% e dos 63 diplomados coloca 31 alunos no Ensino Superior, fazendo justiça ao indicador mais robusto do sucesso do Ensino Profissional que reside na empregabilidade dos alunos representada, cumulativamente, pela colocação no mercado de trabalho e pelo prosseguimento de estudos no ensino pós-secundário.

Um dos fatores que distinguem FORAVE no meio é a elevada empregabilidade, que após 2 meses do término da formação já atingiu os 90,5%, fruto da estreita relação que a Escola mantém com as empresas e do reconhecimento das competências dos jovens técnicos que forma.

Anualmente, a FORAVE forma cerca de 70 técnicos e, apesar de superar as metas contratualizadas, a oferta fica muito aquém da elevada procura por parte das empresas. A empregabilidade também influencia a procura dos Cursos porque os candidatos têm como garantidas as saídas profissionais em áreas de alta empregabilidade e a possibilidade de aumentar as competências e a qualificação escolar em percursos de ensino pós-secundário.

Este ano, a FORAVE registou um desvio positivo no prosseguimento de estudos que sofreu um aumento de 22% para 50,8%. Este indicador representa a entrada no Ensino Pós-Secundário de alunos de todas as áreas de formação da Escola: Gestão, Automação, Manutenção Industrial e Polímeros e houve um aumento no acesso a Licenciaturas. A diversidade de cursos e de instituições de ensino e a afinidade de áreas de formação com os Cursos Profissionais realizados na FORAVE é reveladora da pertinência e da articulação da formação com as necessidades do território e da assertividade das escolhas dos alunos, baseada numa orientação vocacional e profissional à saída do Ensino Secundário e na preparação para a avaliação externa. Neste último ponto, a FORAVE disponibilizou apoio na disciplina de Economia a 4 alunos do 12º ano e todos tiveram aprovação no exame nacional e entrada no Ensino Superior.

Ao longo do último ano de formação todos os alunos da FORAVE têm acesso às dinâmicas de preparação para a vida ativa que incluem a construção do CV, a carta de apresentação, entrevista de emprego, divulgação de ofertas de emprego e encaminhamento de diplomados para ofertas, através da Plataforma Portefólios. A FORAVE inclui ainda neste programa, palestras com empregadores, apresentação de empresas e de oportunidades de carreira, testemunhos de ex-alunos e outras dinâmicas desenvolvidas por parceiros da Rede de Educação e Formação de Vila Nova de Famalicão que possam potenciar e contribuir para a melhoria do processo.

Os estágios são o primeiro contacto dos alunos com as empresas, uma experiência estruturante para o seu futuro profissional. Com a duração de 600 horas a Formação em Contexto de Trabalho prevê a realização de um estágio em contexto profissional, onde os alunos têm a oportunidade de desenvolver e aplicar os conhecimentos e competências adquiridos durante a formação escolar. A preparação dos alunos da FORAVE é reconhecida pelas empresas e na maioria dos casos dá origem ao passaporte para o primeiro emprego.

Nina Xavier, finalista do curso de Gestão da FORAVE concluiu o estágio na Caixiave com distinção.

Publicidade

“Excelente profissional, com capacidade para realizar tarefas de forma exemplar”

Manuel Alcides da Silva, Responsável pelo Departamento Compras, Caixiave

A FORAVE facilita o acesso dos alunos às empresas e, na sua maioria, os empregados encontram-se a desempenhar funções no âmbito da formação realizada, preenchendo apenas 30 vagas das 81 propostas registradas nos últimos 4 meses, na PORTEFÓLIOS – Plataforma de Empregabilidade da FORAVE.

Nuno Pereira, finalista do curso de gestão, foi contratado pela Maz Concept Natura após terminar o seu excelente estágio na área Administrativa da empresa.

“O Nuno tem muita iniciativa e grande capacidade para comunicar com os clientes, foi sem dúvida uma mais valia para a organização e gestão da empresa.”

Sónia Azevedo, Gerente, Maz Concept

dimensão Europeia da FORAVE, permite ainda trabalhar a empregabilidade e as oportunidades de carreira no estrangeiro, ao abrigo dos Projetos ERASMUS+, através da realização de estágios curriculares e de longa duração, pós conclusão do curso. A FORAVE tem uma candidatura aprovada que garante estas dinâmicas até 2027, estando previstos para este ano 35 estágios a realizar em Espanha e Itália.

Publicidade

São, também, trabalhadas parcerias e redes de cooperação Europeias como a Associação INNOTECS e a Euro School Net 2000, que potenciam a mobilidade profissional e académica. Recentemente a FORAVE tornou-se embaixadora do Programa Ambassadors4Skills&Jobs, lançado pelo IDESCOM e pretende atrair o interesse dos alunos pela formação e pelas profissões ligadas à indústria automóvel.

Ao completar 30 anos de Ensino Profissional e depois de dois anos de Pandemia, a FORAVE conseguiu elevar objetivos e superar as metas estabelecidas. Tornou-se uma Escola EQAVET com Selo de Garantia de Qualidade e continua a afirmar-se como um dos pilares do êxito nacional do Ensino Profissional.

Para coroar o mérito e reconhecer a dedicação e o esforço dos nossos alunos que representam o reflexo da cooperação, do compromisso, da disponibilidade e da agregação de forças e energias de todos os atores envolvidos e imprescindíveis à concretização do Projeto Educativo da FORAVE, será realizada, no próximo dia 23 de novembro, a Cerimónia de Entrega de Diplomas e Prémios de Mérito.

Continuar a ler...

Trofa

Sérgio Humberto foi eleito presidente da distrital do Porto do PSD

Sérgio Humberto, único candidato a presidente da distrital do Porto do PPD/PSD do Porto, a maior a nível nacional, foi eleito com 95% dos votos.

Publicado

em

Por

Sérgio Humberto, único candidato a presidente da distrital do Porto do PPD/PSD do Porto, a maior a nível nacional, foi eleito com 95% dos votos. A restante percentagem foi dividida em 4% em votos em branco e 1% de nulos.

“Acredito que com trabalho, muito trabalho, vamos conseguir devolver a esperança às nossas populações, e, concretizar a revolução laranja que o que o nosso Distrito anseia”, foram estas as primeiras palavras de Sérgio Humberto, aos militantes que encheram por completo o auditório da Distrital Os o encerramento das urnas e continuou:

Aquilo que vos prometo é muito trabalho e dedicação. E garantir-vos que esta será, uma distrital do PPD/PSD do Porto, incómoda para os nossos adversários partidários, porque o nosso foco, estará no serviço às nossas gentes, na concretização dos sonhos das nossas populações, e no servir o Distrito do Porto.

Aumentar o numero de militantes ativos e envolver a sociedade civil na vida do partido está também nos horizontes da nova comissão politica distrital social-democrata. Vencer as eleições autárquicas no distrito e pegar em temas esquecidos, e de elevada relevância tanto para o distrito como a nível nacional, faz parte do seu programa de ação

“O primeiro objetivo é ganhar mais câmaras, mais juntas de freguesia, mais assembleias municipais, Temas como, por exemplo, O Eixo Atlântico, as relações com a Galiza, como é o não exemplo do Infarmed, TAP e assuntos que ainda não foram falados, como por exemplo o Aeroporto Francisco Sá Carneiro, que precisa de obras, e porque não falar de um novo aeroporto nesta região, serão chamados à discussão por esta comissão politica”.

Sérgio Humberto recordou a Distrital do Porto tem cerca de dois milhões de habitantes e que é um território altamente produtivo e, portanto, muitas vezes não é compensado pelo Estado Central, que só vê Lisboa.

“Vou liderar uma equipa motivada e capacitada, para desenvolver um trabalho de proximidade, estruturando caminhos para um futuro mais próspero e mais liderante no nosso Distrito do Porto., concluiu o novo líder social-democrata.

Publicidade
Continuar a ler...

Trofa

Ângela Moreira recandidata à Estrutura Concelhia das Mulheres Socialistas

Publicado

em

Por

Ângela Moreira apresentou, a 17 de setembro, a recandidatura à Estrutura Concelhia das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos da Trofa (MS-Trofa).
No auditório da Junta de Freguesia de Bougado, em Santiago, a socialista de 37 anos contou com o apoio de dezenas de militantes, a quem garantiu ter conseguido “afirmar e credibilizar” a estrutura. “Volvidos dois anos, deixamos uma marca de proximidade, lealdade, trabalho e envolvimento profundo com todas as estruturas locais do Partido Socialista e na sociedade civil”, referiu a bougadense.
No mandato liderado por Ângela Moreira, a estrutura concelhia de MS-Trofa realizou várias iniciativas solidárias, como “a confeção e entrega de máscaras, apanha de fruta e recolha de produtos de higiene pessoal para doar a associações do concelho”. “Participamos em atividades de movimentos cívicos, assinalamos o Dia Internacional da Mulher, o Dia da Árvore e da Poesia e o 25 de Abril, data em que homenageamos os militantes do Partido Socialista mais antigos do concelho. Apostamos ainda na formação e na publicação de artigos como forma de empoderamento das mulheres trofenses”, acrescentou.
Para um segundo mandato, Ângela Moreira propõe-se a motivar mais mulheres na vida política e a ajudar o Partido Socialista “a fazer política com respeito, seriedade e responsabilidade”. “Vamos continuar a mostrar que o que nos move é a Trofa, os trofenses e os seus interesses”.
Ângela Moreira afirma ainda que o projeto que tem como slogan “Junt@s Avançamos” visa contribuir para construir “uma sociedade mais justa, igualitária, solidária e baseada nos valores socialistas”.
As eleições decorrem a 8 de outubro em todas as concelhias do distrito do Porto, data em que serão também eleitos os órgãos das secções e concelhias do partido.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);