quant
Fique ligado

jonati

Ultimas Notícias

DECO aconselha: Zero desperdício natalício

O lema é zero desperdício natalício.

Publicado

em


O lema é Zero desperdício natalício.

Começando pelas sobras das refeições. Reaproveite-as e faça novas especialidades. Por
exemplo, se sobrar carne pode fazer empadão. Do pão pode fazer torradas ou tostas. Assados no
forno ganham vida e cor ao juntar fruta, aproveitando a que está mais madura. Batidos e sumos são
também uma boa opção para consumir a fruta madura.
Se não quiser dar largas à sua imaginação culinária, coloque as sobras no frigorífico, na zona
mais fria. Aguentarão alguns dias se estiverem bem cozinhadas e guardadas, no máximo, a 4º C. Se
acha que não vai comer os alimentos nos próximos 1 a 3 dias, congele-os.
Comprou demasiados alimentos que acabou por não cozinhar? Verifique as datas:
A data-limite de consumo (“consumir até…”) indica até quando o produto pode ser consumido
em segurança. Aplica-se aos alimentos muito perecíveis, cuja comercialização fora de prazo está
proibida. É o caso do peixe, carne de aves, iogurte fresco ou iogurtes.
A durabilidade mínima (“consumir de preferência antes de…”) refere-se à data máxima de
garantia de qualidade e aplica-se à maioria dos produtos de mercearia e congelados. A embalagem
deve estar intacta e há que respeitar as instruções de conservação.
“Os olhos também comem”. Os embrulhos, laços e enfeites dos presentes são a prova deste
provérbio. Para cumprir o Zero desperdício, sugerimos que não rasgue o papel de embrulho e
experimente estimá-lo e guardá-lo. E usar papel de jornais ou revistas para os embrulhos? Original e
divertido!
Como segurar o ímpeto dos mais novos ao abrir as prendas não é fácil, que tal optar por um
saco de pano, reutilizável e alusivo ao saco do Pai Natal. Pode usá-lo para todos os presentes, sem
necessidade de os embrulhar.

Artigo inserido na colaboração periódica da DECO – Defesa do Consumidor

Continuar a ler...

Trofa

GNR apreende 320 mil cigarros na Trofa

O valor do tabaco apreendido ascende aos 70 000 euros

Publicado

em

Mais de 320 mil cigarros que se destinavam a ser introduzidos no mercado de forma fraudulenta, prejudicando o Estado em 54 mil euros por falta de pagamento de impostos, foram apreendidos  na Trofa, anunciou a GNR

Na sequência de uma ação de fiscalização rodoviária, na Autoestrada n.º 3 (A3), foi fiscalizada uma viatura ligeira de mercadorias que no seu interior transportava diversas caixas contendo tabaco manufaturado, sem o pagamento dos impostos especiais incidentes e em violação das normas de selagem e estampilhagem estabelecidas pelo regime jurídico dos Impostos Especiais de Consumo (IEC).

O valor do tabaco apreendido ascende aos 70 000 euros, sendo que a sua comercialização ilícita teria causado um prejuízo ao Estado em sede de Imposto sobre o Tabaco (IT) num valor de 54 000 euros.

No decorrer da ação policial foi detido o condutor da viatura, um homem de 21 anos, que será presente hoje, dia 7 de fevereiro, no Tribunal Judicial de Santo Tirso.

A ação foi desenvolvida pela Unidade de Acção Fiscal (UAF), através do Destacamento de Acção Fiscal (DAF) do Porto e da Unidade Nacional de Trânsito (UNT), através do 2.º Destacamento de Ação Conjunto (DAC) do Porto.

Durante a ação foi, ainda, apreendido um bastão extensível (arma proibida) que se encontrava na posse do condutor.

Continuar a ler...

Trofa

Capacitação Empresarial: Pessoas, equipas e competências para a inovação e sustentabilidade empresarial

Os interessados podem se inscrever se neste link: http://bit.ly/3wWbg6q .

Publicado

em

A AEBA – Associação Empresarial do Baixo Ave -, proporciona, na próxima quinta-feira dia 10 de fevereiro, das 09h00 às 13h00, uma segunda sessão de Capacidade Empresarial, na qual tem como tema “Pessoas, equipas e competências para a inovação e sustentabilidade empresarial”.

Os interessados podem se inscrever se neste link: http://bit.ly/3wWbg6q .

Texto Barbara Pereira

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Pode ler também...

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);