O primeiro vestido que Cristina Ferreira fez desfilar na gala dos Globos de Ouro deu muito que falar, não só pela irreverência, com assinatura da criadora trofense Micaela Oliveira, como também pelo contexto em que foi criado.

Feito com desperdícios de tecidos e com uma malha inovadora, o vestido inspirado nos corais marinhos pretendia alertar para a consciencialização ambiental.

Só que não foi só essa a criação made in Trofa que desfilou na red carpet dos Globos de Ouro.

Também da autoria de Micaela Oliveira era o vestido amarelo de Bárbara Bandeira.

A criadora trofense Inês Torcato assinou o vestido levado pela atriz Filipa Areosa.