antonioazevedo

Foram dez os “compromissos de honra” que António Azevedo e o seu executivo apresentaram em 2005 aos eleitores da freguesia. Agora em 2009 o tempo é de balanço e o sentimento é o de “dever cumprido”. Apesar de não ter cumprido os dez compromissos a que se propôs António Azevedo garante que “falta apenas a conclusão do projecto da capela mortuária e centro de dia, cujo projecto foi iniciado” e que o autarca acredita “vai resolver-se a curto prazo”. O autarca reconhece que “o Centro Cívico – (Capela Mortuária e Centro Comunitário) – foi um dos compromissos não concluídos, com muita mágoa nossa. Temos tudo preparado para iniciar a obra. As negociações com os proprietários do terreno estão a demorar mais do que aquilo que prevíamos. É expressa a vontade dos proprietários em resolver o assunto consensualmente. Também é a nossa. Que o dia e a hora chegue o mais depressa possível para iniciarmos a obra”.

“Acabar com as ruas em terra batida, ver definida em PDM a zona Desportiva de Santiago de Bougado, as novas instalações da Segurança Social, o arranjo urbanístico da zona do Nova Trofa e do areeiro de Bairros foram apenas algumas das obras apresentadas e que segundo o autarca são “compromissos realizados”.

Mas também no sector das infraestruturas escolares António Azevedo viu, durante este mandato concluídas as obras da “nova escola de Cedões com cinco salas de 1.º Ciclo e duas salas de Jardim-de-infância, um parque infantil e campo de jogos”.

António Azevedo diz-se ainda satisfeito por ver também concluídos alguns projectos na área de equipamentos desportivos. Assim a implantação da Zona Desportiva em Santiago de Bougado junto ao complexo de AC Bougadense (definida em PDM) para a construção de um pavilhão Municipal, assim como a colocação de um relvado sintético junto à escola de Bairros, foram também promessas que “o executivo cumpriu”, garante o autarca.

No que diz respeito ao saneamento e abastecimento de água o autarca afirma, com satisfação que “quase 100 por cento da freguesia está dotada destas infraestruturas básicas que vieram dar à população qualidade de vida” apesar “de muitos não acreditarem que fosse possível”.

Já a chegada da linha de metro à Trofa e o facto de esta vir servir a sua freguesia é também motivo de satisfação para o autarca.

Quanto a projectos o autarca considera que tem muitos para desenvolver se for eleito para um novo mandato nas autárquicas de Outubro próximo. A conclusão do Centro Cívico, a construção do novo Centro de Saúde – já aprovado e a construir nos próximos dois anos; a construção da Escola Básica Integrada – para os alunos até ao 9.º ano (já aprovada a implementar nos próximos 3 anos).

O autarca apresenta ainda a construção de um pavilhão desportivo na futura zona desportiva de Santiago, a construção das variantes às EN 12 e 104, assim como a criação de novos arruamentos que permitam ligar “a Ribeira a Lantemil e à Rua de Aldeias de Cima, ligar desde a Preh até ao Padrão, passando pela Samogueira com ligação à Feira da Trofa e atravessar o rio Ave com uma nova ponte” como prioridades.

Mas Santiago de Bougado vai ser também um local de paragem do Metro já que , segundo o autarca “haverá duas estações construídas em Santiago de Bougado”.

“Exigir mais e melhor cidade – coser as malhas urbanas da Samogueira e Padrão, para dar assim continuidade à cidade para poente e o mesmo tipo de urbanidade à cidade da Trofa é também um dos projectos que António Azevedo pretende levar a cabo caso seja reeleito para mais um mandato.

Respeito mútuo e muita colaboração são as palavras que segundo o autarca melhor definem a sua relação com os Bougadenses durante todos estes anos em que “todos nos conhecemos. Ando por Bougado todos os dias e ouço as opiniões de todos os Bougadenses para solucionarmos rapidamente as suas preocupações”, adiantou.