quant
Fique ligado

Edição 618

“Com a voz transmitimos os significados impronunciáveis das palavras”

Publicado

em

digital e faz parte da identidade de cada um. A voz é a principal ferramenta de trabalho de muitos profissionais e essencial para a comunicação. A 16 de abril assinala-se o Dia Mundial da Voz e o momento é oportuno para relembrar cuidados e comportamentos de risco. Assim sendo, O Notícias da Trofa foi à procura de quem faz da voz.

Ricardo Santos, terapeuta da fala, Vítor Martins, professor, José Maria Moreira da Silva, palestrante e Alexandra Calado, cantora, são exemplos de pessoas que usam intensamente a voz e, por isso, necessitam de ter alguns cuidados. Fomos ao encontro de cada um deles para percebermos melhor os truques que usam para manterem a sua voz saudável.

Voz é “uma peça fundamental” para palestrante e professor

José Maria Moreira da Silva partilha o seu saber através de exposições teóricas e, como tal, vê na voz “uma peça fundamental na eficácia de qualquer orador”, por isso não dispensa alguns cuidados. “Para trabalhar a dicção e relaxar a musculatura da cara ou da face, costumo fazer caretas durante algum tempo; fazer os lábios vibrar como se estivesse a brincar de carrinho; passar a língua entre a gengiva e os lábios e a bochecha”, descreveu o palestrante. Moreira da Silva confidenciou ainda que bebe muita água e “duas horas antes e nos intervalos come maçãs”. E quando sente necessidade de chamar a atenção da plateia para algum aspeto da sua oratória, José Maria Moreira da Silva “joga com vários tipos de entoação”. Mas, como mantém o palestrante a sua voz saudável?

 

Leia a reportagem na íntegra na edição 618 do jornal O Notícias da Trofa

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 618

Pombo de Team Trofa vence primeira prova de fundo

Publicado

em

Por

Foi em Motilla del Palancar, Espanha, que se realizou a solta para a primeira prova de fundo da temporada deste ano da columbofilia trofense. Os pombos partiram em direção à Trofa a cerca de 600 quilómetros de distância, sendo que o primeiro demorou seis horas, 53 minutos e 17 segundos a chegar ao pombal. Identificado com o número ****337/14, o vencedor pertence à equipa Team Trofa, da Sociedade Columbófila Trofense, tendo voado a uma velocidade média de 86,82 quilómetros por hora (1447 metros por minuto). Além de vencer internamente, o pombo também se destacou a nível concelhio, uma vez que a prova também pontuava para o Campeonato Concelhio.

 

Reportagem para ler na íntegra na edição 618 do jornal O Notícias da Trofa

Continuar a ler...

Edição 618

5 jovens, 2 projetos, 1 missão

Publicado

em

Por

Cinco jovens trofenses preparam-se para uma missão de voluntariado em duas comunidades de Moçambique.

No mês de agosto, cinco jovens trofenses, integrados no voluntariado dos Missionários da Consolata de Águas Santas, vão partir em missão num grupo de 14 elementos da zona norte de Portugal. A missão de Moçambique está repartida em dois projetos: um em Massangulo, zona noroeste, e outro em Nova Mambone, zona sudeste. Apesar de distintas uma da outra, estas duas comunidades, ainda pouco desenvolvidas, vivem com elevadas carências educacionais.

 

Reportagem para ler na íntegra na edição 618 do jornal O Notícias da Trofa

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também