De forma a assinalar o Dia da Mãe, o Colégio da Trofa preparou uma aula de zumba no pavilhão desportivo, na tarde de 30 de abril.

ara a minha Mãe// Eu queria uns sapatos com asas nos saltos//Batia com eles no chão//Trás, trás//Eu subia ao ceú//Por cima das nuvens//Por cima das serra//Por cima do mar//Não para lá ficar//Mas para pedir ao céu//Que tem tantas//A estrela mais linda para dar à minha mãe”. Foi com esta mensagem que as mães dos alunos do pré-escolar e 1.º ciclo foram brindadas, quando entraram no átrio do Colégio, para participar na surpresa que para elas tinha sido preparada.

Vestidas a rigor com uma t-shirt alusiva às comemorações do Dia da Mãe, as mães passaram um final de tarde diferente, em pleno convívio com os filhos, numa aula de zumba. Os mais pequenos não foram esquecidos, havendo pinturas faciais e a presença do Mickey. A festa terminou com uma simbólica largada de balões e a entrega às progenitoras de uma flor, criada com materiais reciclados e com a fotografia dos seus filhos. Para as mães, esta foi uma festa “diferente” de anos anteriores, mas “divertida”, sendo “de louvar” que o Colégio da Trofa promova estas iniciativas.

A festa dedicada às mães foi pensada e organizada pelas coordenadoras do pré-escolar e 1.º ciclo, que este ano decidiram apostar em algo diferente. Segundo Zoraida Areal, coordenadora do 1.º ciclo do Colégio da Trofa, tem que haver “uma diversificação das atividades” e como “a zumba está em grande”, pensaram que “seria muito animador para as mães”. “Assinalamos o Dia da Mãe para homenagear todas as mães, proporcionando um momento com os filhos, uma vez que hoje em dia os pais nem sempre têm muita possibilidade de estar com eles”, declarou.

Já Manuel Pinheiro, diretor pedagógico do Colégio da Trofa, mencionou que as “crianças vivenciam estes dias com muita intensidade e carinho”, sendo esta uma forma delas “brincarem, crescerem, de se ligarem à família e de vincarem os laços de amor que têm pelas suas mães”.