Durante o mês de agosto, a Casa da Cultura da Trofa acolhe sessões de cinema ao ar livre. 

Promover o cinema português e homenagear o Fado (Património Imaterial da Humanidade), é o objetivo da Câmara Municipal da Trofa com as sessões de cinema ao ar livre na Casa da Cultura.

Depois das primeiras duassessões, realizadas no dia 3 e 4 de agosto, com os filmes “Canção de Lisboa”, com Beatriz Costa e Vasco Santana, e “Fado-História de uma cantadeira”, com Amália Rodrigues e Virgílio Teixeira, a Casa da Cultura volta a abrir as portas, para receber todos os trofenses que à luz do luar e em ecrã panorâmico, queiram assistir à exibição de filmes que preenchem o imaginário de todos.

A próxima sessão será já nesta sexta-feira, dia 10, pelas 21.30 horas, com o filme “Amália – o Filme”, com Sandra Barata Belo, Ricardo Carriço, António Pedro Cerdeira, Carla Chambel e Maria João Abreu. Com esta iniciativa, a Câmara Municipal propõe-se a desafiar a população a ocupar as noites quentes de verão de uma forma diferente e apreciar o bom cinema português. 

 {fcomment}