Cerca de 400 jovens experimentaram este fim de semana o Champimóvel, uma cápsula que possibilita uma viagem virtual ao interior do corpo humano.

A cápsula laranja de dimensões consideráveis, montada sobre um camião, chamava a atenção de quem passava junto da estação ferroviária de S. Romão do Coronado. Lá dentro, esperava-nos uma viagem, um tanto ou quanto turbulenta, pelo interior do corpo humano, através de uma imagem 3D. O Champimóvel – nome dado à cápsula – aterrou na freguesia do Coronado durante o fim de semana de 25 e 26 de janeiro para dar algumas noções sobre a constituição do corpo humano e das ameaças a que está sujeito, como o vírus da sida. Para tornar a viagem ainda mais interativa, os ocupantes tinham à disposição um joystick para ajudar o Champi – a mascote com a voz do ator Pedro Granger – a combater o vírus.

“Emocionante”. Foi desta forma que o jovem João Ramos caracterizou a experiência, através da qual aprendeu que “não devemos brincar com o corpo humano”. Diogo Silva foi um dos que reuniu maior pontuação nos jogos propostos, por ter tido um contributo eficiente para “destruir o vírus”.

Mas se o aparelho foi um chamariz para os mais novos, não o foi menos para os adultos, que não se atemorizaram na hora de se aventurar. Que o diga José Azevedo, cujos cabelos brancos denunciam uma longa experiência de vida, que à saída afirmava que tinha “gostado imenso”. “Aprende-se muita coisa e é engraçado, por causa dos solavancos e afundanços”, relatou, entre risos. O companheiro de viagem, Américo Santos, complementou: “A gente fica com uma noção de como são as células e como é composto o corpo humano. É uma maneira de ter mais conhecimento sobre determinadas doenças”.

Segundo José Ferreira, presidente da Junta de Freguesia, o executivo “não quis perder a oportunidade” de ter a Fundação Champalimaud no Coronado. “Quisemos envolver a comunidade, muito particularmente, a escolar. Agradeço ao diretor do Agrupamento do Coronado e Castro, que aceitou colaborar connosco, acionando todos os mecanismos para que as crianças se pudessem inscrever e para que durante dois dias, estejam cerca de 400 a participar”, referiu.

Esta iniciativa está integrada na promoção do Rali dos Patrocinadores, que se realiza na fregueisa do Coronado a 2 de fevereiro.