Prevê-se que os milharede painéis fotovoltaicos a instalar na encosta entre o Monte de S. Gens e Sanguinhal provoque um enorme impacto visual na paisagem e a confirmar-se a extensão de 66 hectares de terrenos a ocupar, serão mais de 120 mil painéis a instalar, transformando a paisagem verde daquele local, considerado como pulmão verde do concelho da Trofa.

O projeto está ainda no segredo dos Deuses mas os proprietários dos terrenos na encosta do Monte de S.Gens virada para Alvarelhos e Maganha, estão a ser contactados para arrendar os terrenos para instalar uma central de painéis fotovoltaicos. A extensão de floresta e terrenos de cultivo a abranger por esta intervenção será alegadamente de cerca de 66 hectares na área compreendida entre a Avenida de S. Gens, na freguesia de Bougado e a Rua do Sanguinhal, na freguesia de Alvarelhos e Guidões.

O NT contactou o presidente da junta da União de Freguesias de Alvarelhos e Guidões, Lino Maia, que é ao mesmo tempo proprietário de um terreno na área e confirmou ter sido contactado pela empresa, para arrendar a sua propriedade e assim viabilizar este investimento. “Como presidente da junta liguei ao presidente da Câmara Sérgio Humberto para saber se era verdade e para perceber a posição da câmara, que confirmou que o investimento está a ser estudado para avaliar a viabilidade para a instalação” de milhares de painéis fotovoltaicos numa das áreas consideradas como pulmão verde do concelho da Trofa, rica em fauna e flora e onde até à bem pouco tempo se realizavam provas de BTT.

Já Luís Paulo Sousa, presidente da Junta de Bougado (São Martinho e Santiago) garantiu “não ouvi nada sobre este assunto e desconheço completamente este processo”.

Recorde-se que um projeto similar, considerado um dos maiores de Portugal, foi instalado em Mogadouro em 2020, com uma extensão de 68 hectares que permitiu uma instalação de 120 mil painéis. A confirmar-se a instalação numa área de 66 hectares na Trofa, prevê-se que seja instalados cerca de 120 mil painéis na encosta de S. Gens, o que vai criar um impacto visual negativo enorme assim como na própria natureza.

O NT contactou a Câmara Municipal da Trofa para obter esclarecimentos sobre o projeto mas não obteve respostas.

Contactamos ainda a empresa Triple Watt, empresa sedeada em Viseu que está a desenvolver projetos na zona norte mas que não confirmou os dados sobre o projeto previsto para o concelho da Trofa.

A Triple Watt, é a empresa responsável pelo desenvolvimento de vários projetos fotovoltaicos, no norte do país. A Triple Watt é uma empresa portuguesa e especializada no setor solar fotovoltaico, fornecendo serviços nos segmentos do desenvolvimento de projetos e EPC (Engineering Procurement and Construction), para projetos de pequena e grande dimensão, não só em Portugal mas também a nível internacional.

Recorde-se que existe na freguesia do Muro um parque fotovoltaico mas que é 18 vezes mais pequeno do que o investimento agora previsto.