A Junta de Freguesia do Muro promoveu um tributo a Luís de Camões, pela voz de Ivo Machado, guitarra de Carlos Carneiro e declamação de António Sousa.

“Para tão longo amor, tão curta vida”. O verso retirado de um dos sonetos de Luís Vaz de Camões dá nome ao trabalho discográfico de António Sousa, Carlos Carneiro e Ivo Machado, apresentado na noite de sábado, 21 de novembro, na Academia de Estudos 100Problemas, no Muro, com o intuito de fazer “um tributo a Luís Vaz de Camões”.

 

Leia a reportagem completa na edição nº 499 do jornal O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.