Gonçalo Marques tem o sonho de ser jogador profissional de ténis. Ainda é cedo para saber se o jovem de 12 anos conseguirá atingir esse desígnio, mas certo é que o caminho para lá chegar está, atualmente, a ser trilhado com sucesso. É que Gonçalo é o atual campeão nacional de sub-12 de singulares, pares e por equipas desta época, ao serviço da Escola de Ténis da Maia. O jovem tenista, residente em Covelas, no concelho da Trofa, participou ainda no campeonato nacional de sub-14, onde chegou aos quartos de final, tendo vencido o prémio revelação. “Um excelente resultado, tendo em consideração os dois anos de idade de diferença”, contou ao NT o pai, Filipe Marques.
Gonçalo Marques começou a praticar ténis aos cinco anos, no Ginásio Clube Santo Tirso e, atualmente, a representar a Escola de Ténis da Maia, treina todos os dias durante duas horas e faz treino físico de seis horas por semana. Patrocinado pela HEAD e Virtugal, o pequeno tenista já antes deu nas vistas, quando se sagrou campeão nacional de singulares e pares em sub-10, em 2016. No ano seguinte, na categoria de sub-12, foi vice-campeão regional de singulares e pares e vice-campeão nacional de pares.
Mas não é só “cá dentro” que Gonçalo Marques se destaca. Desde 2017 que o tenista de Covelas faz parte da seleção nacional de sub-12, sendo este ano considerado o n.º 1. Na França, chegou aos oitavos de final do Torneio de Auray, o melhor torneio do mundo, e sagrou-se campeão em pares no Torneio de Bressuire, também um dos mais conceituados a nível mundial. Foi vice-campeão em pares no Braga Open.