Em Guidões trocou-se o conforto do sofá no domingo de manhã, 8 de abril, para caminhar por uma causa solidária. Primeiro dançaram, depois deram corda às sapatilhas com o objetivo de angariar dinheiro para as tão esperadas obras no Parque de Jogos de Guidões. A iniciativa foi da responsabilidade da Comissão Social de Freguesia.
O projeto para o campo do Guidões Futebol Clube está programado para três fases. A primeira, já no terreno, passa pela “vedação do campo”, depois seguir-se-á “a construção de um polidesportivo e, depois, os balneários e as infraestruturas de apoio”, informou Joaquim Ferreira, presidente do conselho administrativo do Guidões F. C.
O polidesportivo projetado terá “um piso que permite praticar qualquer tipo de modalidade, tanto coletiva como individual”. O objetivo, garantiu Joaquim Ferreira, passa por vê-lo concluído ainda “este ano”. “Apresentamos uma candidatura ao Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), vamos ver se conseguimos algum apoio, mas mesmo que não venha é para avançar e queremos que esteja o mais breve possível concretizado”, acrescentou.
A Comissão Social de Freguesia fez ainda saber que foi feito “um contrato programa com a Câmara”, tendo sido dado pela autarquia “o comodato do campo por 20 anos”. “Nesse contrato, estão previstas uma série de obras, umas com o apoio da Câmara outras não. E é para as que não têm apoio da Câmara que precisamos do apoio de todos”, apelou Joaquim Ferreira.