gabinete familia.JPG

 

 

 

 

 

Daniel Serrão, louvou a Câmara Municipal da Trofa “pois tem tido capacidade e sensibilidade para se lançar numa questão tão sensível como é a família e tem demonstrado preocupação com problemas reais das pessoas”, ressalvando “ importância da parceria da autarquia trofense com a CNAF – Confederação Nacional das Associações de família”.

Aproveitando as comemorações do Dia Internacional da Família a autarquia inaugurou um Gabinete de Apoio à Família nas instalações do Centro Comunitário Municipal.

A estrutura, está vocacionada para “prestar informação, apoio e esclarecimentos múltiplos às famílias trofenses, designadamente na área do planeamento e mediação familiar”. A valência, tida como “inovadora”, vai trabalhar em articulação com o serviço de apoio ao sobreendividamento que funciona já há alguns meses, prevenindo e actuando sempre que os agregados familiares se deparam com este problema.

A Assessora da Secretaria de Estado Adjunta e da Reabilitação, Alexandra Pimenta, congratulou-se com a abertura desta nova valência no concelho da Trofa pois “a família continua a ser o núcleo da sociedade, é uma instituição fundamental mas, perante as alterações sociais a que se tem assistido tem muitos desafios pela frente. A família é uma parceria que precisa de parcerias e esta iniciativa é um exemplo da parceria entre sociedade civil e o poder autárquico e é a prova de que esta relação de complementaridade é um instrumento fundamental no aumento da qualidade de vida das pessoas”.

Por seu lado Daniel Serrão, louvou a Câmara Municipal da Trofa “pois tem tido capacidade e sensibilidade para se lançar numa questão tão sensível como é a família e tem demonstrado preocupação com problemas reais das pessoas”, ressalvando “ importância da parceria da autarquia trofense com a CNAF – Confederação Nacional das Associações de família”.

Daniel Serrão afirmou que a família está em perigo e deve ser vista como uma estrutura de serviço, em que todos dão de si, em que todos devem ser capazes de se entre ajudarem. Hoje em dia é esta entreajuda que está ameaçada. Hoje a relação homem mulher está ameaçada pela sexualização universal que temos à nossa volta”. O ser humano é um animal mas não apenas pois é essa capacidade que lhe dá a possibilidade de criar a família, considerada como uma estrutura cultural e há muitos que reduzem a família uma componente corporal”.

Relativamente a esta estrutura Daniel Serrão considerou ser “um gabinete fundamental no apoio aos membros das famílias, de forma a resolver ou ajudar a resolver os problemas das famílias trofenses”.

Teresa Costa Macedo considerou que “o importante não é a inauguração de mais um gabinete mas sim o trabalho que poderá ser aqui desenvolvido, de forma mais próxima aos cidadãos, através do poder local, que afectivamente e pelo conhecimento que tem do seu munícipe, poderá com maior facilidade resolver os dramas que cada vez mais atinge os munícipes”. A presidente da CNAF saudou a disponibilidade dos funcionários e do vereador da Acção Social e a sua capacidade de recrear e inventar novas formas de ajudar e apoiar os cidadãos”, frisou.

Já Bernardino Vasconcelos assegurou que “na Trofa temos tentado centrar o nosso investimento nas pessoas e na família, assegurando que o gabinete de apoio á família trabalhara na prevenção, na orientação, no planeamento familiar, na mediação, estimulando a comunicação familiar de forma a termos famílias unidas e responsáveis”, concluiu.