Tentar apurar o maior número de atletas para o Campeonato Nacional é o principal objetivo da Escola de Kickboxing Life Combat e da delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa durante a participação na prova regional, que se realiza em Guimarães, no próximo fim de semana.

Os atletas que praticam a modalidade através do projeto solidário Cross Stars vão competir em diferentes escalões, nas variantes point-fighting, kick-light, light-contact e full-contact.
“Temos muitos atletas novos que querem demonstrar o seu potencial. O projeto Cross Stars além de potenciar a inclusão social, também forma campeões tanto na vida como no desporto. Deixamos desde já uma palavra de agradecimento a todos aqueles que têm apoiado este projeto e nesta prova iremos mais uma vez tentar elevar o nome da Trofa bem alto”, afirmaram os treinadores Luís Ferreira e Nádia Barbosa, que também ambicionam um lugar no pódio por equipas. Esta opinião é corroborada pela presidente da delegação da Trofa da Cruz Vermelha, Daniela Esteves, que destacou a importância da competição no processo de “crescimento” dos jovens.
Paulo Silva, Daniel Nunes, João Nunes, Geraldo Bernardo e Pedro Freitas vão representar a Escola Life Combat no escalão de cadetes. Em iniciados, participam Duarte Carvalho, Sandro Cardoso, Guilherme Santos, Ana Lucas, Catarina Lucas e João Leite. No escalão juvenil, a Trofa estará representada por Rafael Arantes, Artur Karlov, Francisco Paredes e Sílvio Moreira Silva. Alexandre Barbosa, João Silva, Diogo Pata e Mário Martins representarão a escola no escalão júnior e Cláudia Fernandes, Sofia Penouço, André Lucas, Fernando Lucas e Paulo Rios no escalão sénior. Por último, Mário Barbosa e Sílvio Araújo Silva irão competir em veteranos.