O segundo Raid ao Leitão, organizado pelo Clube TT da Trofa, reuniu cerca de 30 máquinas Todo-o-terreno.

Nem a lama, nem as pedras ou as subidas e descidas vertiginosas travaram os aventureiros que participaram no Raid ao Leitão, organizado pelo Clube TT da Trofa, no sábado. As cerca de 30 máquinas de quatro rodas percorreram os montes do concelho e, ao volante, os condutores, ultrapassaram com mestria os obstáculos preparados pela organização.

Mesmo antes de iniciar a prova, João Armada, do clube TT, já se encontrava no cimo do monte em Guidões onde iria decorrer uma das primeiras provas, para garantir que tudo estava a postos para receber os participantes.

“Aventura, muita adrenalina e lama” eram as expectativas de João Armada para um dia que amanheceu primaveril. Para além dos cerca de 30 participantes, “o público também participou” numa das etapas do Raid.

A experiência em condução ou “os quites de unhas” e “alguns apetrechos nos carros”, como por exemplo “pneus, bloqueios e a protecção”, são fundamentais para conseguir participar neste tipo de provas.

Mas o segredo para conduzir os Todo-o-terreno e conseguir ultrapassar os obstáculos, não passa apenas por ter uma máquina bem equipada.

Que o diga Manuel dos Santos, que há “cerca de 15 anos” se aventura pelos montes: “Temos que trabalhar também com a cabeça e não só com as mãos, principalmente com um carro como o meu que não tem força”.

Apaixonado pelos Todo-o-terreno, o trofense José Carlos Carneiro participou no Raid com “um carro que conduz no dia-a-dia”, por isso não teve grandes dificuldades. No que ao percurso diz respeito, “quanto mais difícil” ele for “melhor”, caso contrário José Carlos Carneiro andaria “na estrada”, pois gosta “dos desafios constantes da Natureza”.

No final do dia, depois de passar pelas freguesias de Alvarelhos, Guidões, Muro e Santiago de Bougado, onde estavam integrados os percursos, apenas se registaram alguns acidentes de percurso, sem feridos. O sucesso da iniciativa que se realizou pelo segundo ano consecutivo confirmou-se e depois da diversão e muita adrenalina os participantes reconfortaram o estômago com leitão.