O Trofense venceu este domingo por 2-1 o Moreirense, em encontro da 22.ª jornada da Liga Orangina, disputado na Trofa, resultado que impede o clube minhoto de atingir um dos lugares de acesso à Liga.

Os golos do conjunto da casa foram apontados por Edú (26 minutos) e Reguila (71′), enquanto Bruno Moreira, ao reduzir aos 82′, chegou a dar esperança aos visitantes, num jogo em que Reguila e Tiago falharam duas grandes penalidades.

Separados por 10 pontos à entrada para esta jornada e a lutar por objetivos opostos, Trofense e Moreirense apresentaram-se na Trofa com vontade de vencer para poderem continuar na luta pela manutenção e subida de divisão, respetivamente.

Ambas as equipas entraram em campo em desvantagem face a resultados alheios. A equipa da Trofa sabia que o U. Madeira a tinha ultrapassado na tabela classificativa graças ao empate (2-2) caseiro com o Belenenses. Por sua vez, o conjunto minhoto tinha necessidade de vencer para recuperar o segundo posto, perdido, na véspera, para o D. Aves (2-0, em casa, frente ao Estoril).

Os locais tiveram ligeiro ascendente na fase inicial e adiantaram-se no marcador aos 26 minutos, por Edú, jovem médio emprestado pelo FC Porto.

O Moreirense respondeu à desvantagem e Bruno Moreira (29′), ao lado, e Cícero (45′), na barra, podiam ter feito o empate.

O segundo tempo começou com João Eusébio a ver a sua equipa desperdiçar uma grande penalidade, num lance em que Reguila permitisse a defesa de Ricardo Ribeiro, aos 50′, guarda-redes que voltou a brilhar aos 63′, ao defender um segundo castigo máximo, desta feita apontado por Tiago.

Após este lance, o Moreirense pareceu despertar para a necessidade de correr atrás da desvantagem e praticamente se instalou no meio campo adversário, mas, aos 71 minutos, Reguila teve oportunidade de se redimir da grande penalidade falhada e apontou o segundo golo da equipa, após passe de Crivellaro.

O Trofense com um jogador a mais e dois golos de vantagem talvez tenha descurado a zona defensiva, permitindo o crescente atrevimento do ataque de Moreira de Cónegos.

Aos 82 minutos, uma desatenção total da defesa local, permitiu que Bruno Moreira completasse um passe de Fábio Espinho, reduzindo a diferença, mas, até ao final da partida, o guarda-redes arco voltou a ser intransponível.

Jogo no Estádio do CD Trofense, na Trofa.

Trofense – Moreirense, 2-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Edú, 26 minutos.

2-0, Reguila, 71.

2-1, Bruno Moreira, 82.

Equipas:

Trofense: Marco, David, Santos, Élvis, Pedro Araújo, Tiago, Crivellaro, Zé Manel (Moustapha, 86), Edú, Feliz (Pedro Santos, 70) e Reguila (André Carvalhas, 90+1) (Suplentes: Trigueira, Dinis, Moustapha, André Carvalhas, João Viana, Pedro Santos e Luís Carlos).

Moreirense: Ricardo Ribeiro, Diogo Figueiras (Cesinha, 59), Miguel Oliveira, Ricardo Fernandes, Augusto, Bru, Filipe Gonçalves, Wagner (Luís Pinto, 66), Pintassilgo (Cícero, 41), Fábio Espinho e Bruno Moreira (Suplentes: Ferreira, Pinto, Luís Pinto, Castro, Cícero, João Vicente e Cesinha).

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Elvis (19), Diogo Figueiras (32), Wagner (39), Bru (55 e 61), Filipe Gonçalves (73) e Dinis (87). Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Bru (61).

Assistência: Cerca de 2.500 espectadores

Fonte – Jornal Record