Select Page

Trofense perdeu em Matosinhos com o Leixões

Trofense perdeu em Matosinhos com o Leixões


O Leixões conquistou este domingo a terceira vitória consecutiva, ao vencer na receção ao Trofense por 1-0, em jogo antecipado da 7.ª jornada da 2.ª Liga. O golo do triunfo leixonense foi marcado por Moreira, aos 81 minutos, permitindo que os anfitriões somem 13 pontos, mais 10 do que o Trofense.

Moreira estava para ser substituído quando marcou o golo, finalizando a melhor jogada que o Leixões construiu durante os 90 minutos e que começou num lançamento longo de Cadinha para Talles e num cruzamento deste para a pequena área. Foi aí que Moreira apareceu e, sem oposição, surpreendeu a defesa adversária cabeceando para o fundo da baliza de Conrado.

O Leixões não fez uma grande partida, mas foi a equipa que mais procurou o golo e a segunda parte foi quase toda sua. O primeiro tempo deixou poucas saudades e, salvo alguns fogachos individuais de Hélder Sousa, no Trofense, e o acerto geral de Anderson, no Leixões, e foi mal jogada. Mailo ainda assustou Conrado na parte inicial, mas depois lesionou-se e foi substituído por Grafite um minuto antes do intervalo. O Leixões saiu a perder com a troca, porque Grafite distinguiu-se pela negativa, devido a várias intervenções infelizes.

O Trofense, com Hélder Sousa ao leme, arriscou muito pouco, atuou com muita prudência e na primeira parte anulou quase sempre o ataque leixonense, graças ao superpovoamento da sua linha média, onde o experiente Tiago ainda tem um papel importante.

A segunda parte foi do Leixões, que, mesmo sem jogar bem, criou muito mais perigo e teve mais ocasiões de perigo e até de golo do que o seu opositor. Talles (59), de livre direto, testou Conrado, mas foi João Pedro que teve tudo para marcar quando se isolou pelo corredor esquerdo, tendo, porém, concluído com a sua ação com um remate para fora.

O Trofense, que raramente importunou Jorge Batista após o intervalo, também andou muito perto do golo após uma assistência de Paulo Monteiro para o recém-entrado João Jesus, que só não marcou porque o guardião leixonense ofereceu o corpo à bola. Rui Coentrão preparava-se para substituir Moreira quando este fez o golo e o resultado final, garantindo assim mais tês pontos para o Leixões.

Leixões – Trofense, 1-0.
Ao intervalo: 0-0.
Marcador: 1-0, por Moreira, 81 minutos.

Equipas:
Leixões: Jorge Batista, João Viana, Nuno Silva, Zé Pedro, João Pedro, Anderson, Moreira (Rui Coentrão, 89), Ruben Saldanha (Novais, 83), Cadinha, Talles e Mailo (Grafite, 45). (Suplentes: Chastre, Moedas, Novais, Materazzi, Rui Coentrão, Fábio Zola e Grafite).
Treinador: Pedro Correia.

Trofense: Conrado, Tiago Mesquita, Luiz Alberto, Márcio, Paulo Monteiro, Tiago, Mateus Fonseca, Neves (Marcelo, 62), Hélder Sousa, Preciado (Guevara, 78) e Viafara (João Jesus, 72). (Suplentes: Diogo Freire, Marcelo, Rafinha, João Jesus, Dennis, Rua e Guevara).
Treinador: Luís Diogo.

Árbitro: Rui Silva (Vila Real). Ação disciplinar: Cartão amarelo para Márcio (53), Ruben Saldanha (55), Tiago Mesquita (58), Preciado (60), Conrado (66), Moreira (81), João Viana (90+2), Hélder Sousa (90+3) e Tiago (90+3).

Assistência: Cerca de 1.200 espectadores.

Lusa

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização